Ex-apresentadora infantil revela que Marlene Mattos tentou obrigá-la a posar nua

Jackeline Petkovic, ex-apresentadora infantil, revelou que rompeu com Marlene Mattos após recusar uma proposta de R$ 2 milhões para posar nua

Avalie a matéria:
Jackeline Petkovic atualmente e na época do Bom dia & Cia | Instagram e Arquivo

Mais um polêmica envolvendo nudez! Jackeline Petkovic, ex-apresentadora infantil, revelou que rompeu com Marlene Mattos após recusar uma proposta de R$ 2 milhões para posar nua para a revista masculina 'Playboy', no início dos anos 2000. Atualmente com 43 anos, ela contou detalhes da briga entre as duas.

MARLENE SEMPRE ATRÁS DA NUDEZ

A loira que já foi apresentadora do programa "Bom Dia & Cia", de 1998 a 2003, na época, tinha a ex-empresária de Xuxa responsável por sua carreira, e queria que ela aceitasse o convite para posar nua. Segundo Jackeline, as revistas ‘Playboy’ e ‘Sex’ disputavam para tê-la na capa, e como ela tinha um contrato de exclusividade com Marlene, era ela quem comandava as negociações.

"Eles faziam um leilão para ver quem dava mais. Aí veio a Marlene e disse: 'Você é do meu escritório, então você vai fazer'. E eu falei: 'Não!'. E ela respondeu: 'Vão pegar sua revista e embrulhar peixe no dia seguinte'. E aí começou o bate-boca. E eu disse: 'Já que você está me impondo isso, então acabou por aqui'. Como ela queria me obrigar, não me obrigar, mas fazer com que eu mudasse de ideia...", contou ela, em entrevista à ex-BBB Kerline, no canal do Splash.


PASSOU UM ANO AFASTADA

A ex-apresentadora do Bom Dia & Cia contou ainda que foi prejudicada quando decidiu romper com Mattos. Ela teve que passar um ano sem aparecer em lugar nenhum para conseguir se desvincular do escritório.

"Teve um acordo, e eu tive que ficar de um ano a dois sem aparecer em lugar nenhum. Para eu poder sair do escritório, eu tive que assinar um acordo que dizia que, se eu saísse, eu ia ficar sem aparecer em lugar nenhum".

ELA ESTAVA ERRADA?

No entanto, Jackeline disse que consegue entender que Marlene estava apenas fazendo seu trabalho, já que ela ganharia uma porcentagem caso o acordo desse certo. No fim, ela acha que a empresária estava certa, mas ela não se sente errada.

"Mas eu vejo que, se eu estivesse no lugar dela, eu faria a mesma coisa. Ela ia ganhar a porcentagem dela em cima dos R$ 2 milhões da revista. Ela tinha negociado um valor inicial que seria em torno de R$ 1,5 milhão, com a projeção em vendas podendo atingir R$ 2 milhões. Nesse cálculo, ela tinha 20%. Então, acho que ela só fez o que tinha que fazer. Ela estava certa, e eu também, porque eu me mantive no meu ideal", finalizou.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES