Esses são os 7 passos para ser feliz, segundo estudo de Harvard

A felicidade não é apenas um estado emocional inalcançável, mas algo que pode ser aprendido e cultivado, tal como uma habilidade

Avalie a matéria:
Afinal, o que é a felicidade? O significado pode ser diferente para cada pessoa | Reprodução: Internet

A felicidade é um momento durável de satisfação, onde o indivíduo se sente plenamente feliz e realizado, um momento onde não há nenhum tipo de sofrimento. Para muitos, esse é um termo complexo. Afinal, o que é a felicidade? O significado pode ser diferente para cada pessoa. Agora, esse sentimento único e contagiante se tornou alvo de estudos. 

Assim como do professor de psicologia positiva na Universidade de Harvard, Tal-Ben-Shahar e autor dos best-sellers “Mais Feliz” e “Ser Feliz”. O especialista atualmente leciona para alunos de pós-graduação online da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), na disciplina “Psicologia Positiva: A Ciência da Felicidade”, que trata aspectos psicológicos de uma vida realizada.

A felicidade é inalcançável?

Segundo o educador, a felicidade não é apenas um estado emocional inalcançável, mas algo que pode ser aprendido e cultivado, tal como uma habilidade. Tal-Ben-Shahar defende que, com prática e dedicação, é possível desenvolver práticas que conduzem a uma vida mais alegre. 

Em seu curso na Universidade, Tal Ben-Shahar aborda uma metodologia que ele chama de “fórmula da felicidade”, que consiste em sete passos simples para aplicar no cotidiano. A seguir aprenda os passos para ser feliz genuinamente:

Tempo de qualidade: segundo o professor, a chave número um da felicidade é o tempo que passamos com a nossa família e os amigos, as pessoas que nos importam e que se importam conosco

Perdoe seus próprios fracassos: o primeiro passo, segundo o professor, é reconhecer que as falhas e os erros são parte integral da experiência humana. Portanto, em vez de reprimi-los, devemos celebrá-los como oportunidades de crescimento e aprendizado. Estudos anteriores descobriram que níveis baixos de perdão estão associados a transtornos como depressão, ansiedade e baixa autoestima.

Seja grato pelas coisas boas: Ben-Shahar defende que a gratidão regular pelos aspectos positivos de nossas vidas aumenta nosso bem-estar geral.

Pratique esportes: a atividade física regular proporciona inúmeros benefícios à saúde física e mental. Nas palavras do professor, praticar 30 minutos de caminhada por dia faz a diferença. O sono adequado e hábitos alimentares saudáveis também levam à saúde física e mental.

Simplifique, no lazer e no trabalho: o estresse e a sobrecarga podem aliviar com a simplificação de nossas vidas, tanto no ambiente de trabalho quanto no tempo pessoal. Portanto, é melhor focar em apenas uma tarefa, evitando fazer tudo ao mesmo tempo.

Aprenda a meditar: a meditação é uma ferramenta poderosa para acalmar a mente e promover a autoconsciência.

Tenha resiliência: a capacidade de enfrentar dificuldades e se adaptar às mudanças é fundamental para a saúde mental a longo prazo.

Não busque pela perfeição

O especialista destaca o papel ativo que cada um tem na própria felicidade. Ao invés de buscar a perfeição, o professor incentiva seus estudantes a apreciarem o processo da vida, com todas as suas imperfeições e desafios Enfim, a “fórmula da felicidade” serve não apenas para a sala de aula, mas para toda a vida. Em um mundo cada vez mais apressado e com tantos desafios, trazer esses sete passos para o dia a dia pode ser uma maneira significativa de trazer mais alegria e bem-estar para a vida.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES