Fonte de proteínas: 4 alimentos tão bons quanto o ovo para incluir na dieta

O ovo é um dos queridinhos das dietas de quem pratica atividade física, mas existem outras opções tão boas quanto ele

Avalie a matéria:
Alguns alimentos são fundamentais para repor a necessidade de proteínas do nosso corpo | Reprodução/Internet

O ovo é um dos alimentos queridinhos das dietas de quem pratica atividade física, principalmente de quem tem como objetivo o ganho de massa muscular. No entanto, o ovo não precisar ser a fonte de proteína mais importante, afinal, existem muitos outros alimentos tão ou mais ricos neste nutriente do que o ovo.

"As recomendações do consumo de ovos vão depender de uma série de fatores, como sexo, peso, altura e intensidade de atividade física. Mas, no geral, recomenda-se que um adulto deve ingerir cerca de 1 a 3 ovos por dia, independentemente da prática de exercícios", alerta a nutróloga e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia, Marcella Garcez. 

Outras fontes de proteínas

1. Carne vermelha e branca

A nutróloga afirma que as melhores fontes de proteína são de origem animal, mas é necessário ter cuidado para não ingerir carnes de forma excessiva. "As carnes vermelhas, por exemplo, apesar de serem ricas em proteína, também possuem grande quantidade de gordura saturada, que aumenta os níveis de colesterol ruim, elevando o risco de doenças cardiovasculares. O mesmo vale para o frango, que deve ser ingerido sem pele, dando preferência ao peito assado ou grelhado para evitar a ingestão exagerada de gordura", explica a Marcella Garcez.

2. Peixes

Uma boa opção de carne para ajudar a aumentar a ingestão de proteínas são os peixes, pois eles são mais magros e ter menos calorias do que as carnes vermelhas. "O salmão é especialmente interessante, pois, além de ser rico em proteínas, também possui grandes quantidades de ômega 3, o que proporciona uma recuperação muscular mais rápida", afirma a nutróloga.

3. Leguminosas

Marcella afirma que as leguminosas como feijão, ervilha, grão-de-bico, lentilha, soja e amendoim estão entre os alimentos com maior quantidade de proteínas. "Entre as leguminosas, vale destacar principalmente o grão-de-bico, que também é rico em fibras e colabora para saciedade; o feijão, que é capaz de reduzir os níveis de colesterol e açúcar no sangue; e a soja, que possui uma das maiores quantidades de proteína, com cerca de 34 gramas do nutriente a cada 100 gramas do alimento", diz.

4. Leite e derivados

O leite também é uma importante fonte de proteínas, além de também ser rico em outros nutrientes que o organismo necessita. "O mesmo vale para os derivados do leite, como queijos e iogurtes. Mas é preciso tomar cuidado devido à grande quantidade de gordura que esses alimentos podem conter. No geral, o melhor é optar pelas versões desnatadas e queijos brancos, como o queijo cottage, que também possui uma menor quantidade de calorias", recomenda a nutróloga.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES