Lulu Santos sobre romance com Clebson: “Fica jovem quando se apaixona”

O cantor diz ter se rejuvenescido com o romance tórrido e inesperado.

Avalie a matéria:
| Arquivo Pessoal

Lulu Santos traduziu parte da sua intensa paixão por Clebson Teixeira em seu disco Pra Sempre, que conta com a participação especial do marido no videoclipe da música de mesmo nome do álbum gravado em sua cobertura, no Rio de Janeiro. Em conversa com QUEM, o cantor, de 66 anos, diz ter se rejuvenescido com o romance tórrido e inesperado. As informações são da Revista Quem.

"Alguma luz muito forte se acendeu e tem um momento que você se descobre apaixonado. Aí você pensa: 'caramba, estou apaixonado de novo'. Para mim, tem esse sabor. Acendeu de novo aquela chama, que eu achava que era uma coisa que se esgotava com a juventude. E não. Você fica jovem quando se apaixona de novo. Você experimenta aquele grau de insegurança novamente", declara.

Crédito: Leo Aversa/Divulgação

Lulu garante que Clebson é ainda mais romântico que ele. "Ele gosta de sentir essa coisa trepidante, do extremo. O último romântico é ele. O grau de romantismo que tem nas ações dele é tudo que você espera. Durante o processo criativo do CD, eu mostrava tudo para o Clebson. Ele é capaz de surpreender. Eu não. Quando eu fiz Tom Real, eu gravei um áudio e mandei para ele. E ele disse: 'você quer me matar?'. Foi logo no comecinho quando a gente se conheceu. Nós nos conhecemos em fevereiro de 2018, mas só fomos nos encontrar em abril", relembra.

O cantor fala empolgado das viagens ao lado do companheiro que o inspirou a gravar a única faixa não autoral do CD, a The Look of Love (1967),  de Burt Bacharach e Hal David. "Ela me lembra um dos primeiros passeios que Clebson me levou. Às vezes, ele me colocava no carro sábado de manhã e não dizia para onde iríamos e quando eu via estava em Inhotim (MG). Uma vez fomos para o museu a céu aberto lá. A última obra que visitamos era um grande galpão com dimensões circulares no alto de uma colina e uma pequena porta e dentro dele era tudo escuro, com uma luz vaga de boate, cheia de espelhos e tocava de The Look of Love. O resto, vocês imaginem (risos). A canção ficou completamente tecida naquele momento nosso. Por um tempo, a gente procurava versões dela no carro andando para cima e para baixo", relata.

O artista define o novo trabalho como um registro sonoro da sua história com Clebson até o momento. "Cada uma das canções são passo a passo da relação. As canções foram nascendo ao sabor de cada uma das estações da paixão. Pra Sempre, que dá nome ao disco, é a última canção que eu fiz. Foi em fevereiro. Foi a que eu mais gostei de fazer. Essas músicas estão totalmente relacionadas ao que aconteceu comigo nos últimos 12 meses. É uma polaróide do momento, um cardiograma", conclui Lulu completamente apaixonado.

Crédito: Arquivo Pessoal



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES