Conheça boas razões para você não consumir requeijão antes de dormir

Além de evitar o requeijão, conheça mais seis alimentos para você não consumir antes de dormir

Avalie a matéria:
Escolhas inadequadas tanto no jantar quanto na ceia podem também contribuir no processo de ganho de peso | Reprodução: Internet

Geralmente, muitas pessoas optam por evitar o consumo do requeijão à noite. Essa escolha está atrelada ao alimento ser rico em gordura, cuja digestão é mais lenta. Além disso, a ingestão de alimentos pesados ou gordurosos antes de dormir pode afetar a qualidade do sono, uma vez que o processo de digestão requer mais energia corporal, tornando a digestão menos eficiente e causando desconforto.

Outra razão para evitar o consumo de requeijão antes de dormir está relacionada ao conhecimento da Ayurveda, uma antiga terapia indiana. Segundo essa tradição, o consumo de requeijão à noite pode levar ao acúmulo excessivo de muco nas passagens nasais, o que pode ser mais perceptível em pessoas propensas a asma, tosse e resfriado.

No entanto, é importante destacar que cada pessoa é única e pode reagir de maneira diferente aos alimentos. Algumas pessoas podem tolerar bem o consumo de requeijão à noite, enquanto outras podem experimentar desconforto. De toda forma, aconselha-se preferir o consumo de requeijão pela manhã ou à tarde, pois nesses períodos do dia a digestão tende a ser mais eficiente.

Outros alimentos que não se deve comer à noite

Segundo o nutricionista Guilherme Graciano, o indicado é fazer escolhas que sejam saudáveis, que proporcionem maior percepção de saciedade e evitar que as "beliscadas" aconteçam durante a noite. Ele dá quatro dicas básicas:

  • Evite consumir grandes quantidades de alimentos;
  • Dê sempre preferência por opções que demandem menor tempo de digestão;
  • Busque preparações que apresentem menores quantidades de gorduras em sua composição
  • Refeições muito calóricas demoram mais tempo para serem digeridas, impedindo que o sono apresente melhor qualidade. Busque opções que proporcionem saciedade, mas também que não prejudiquem a qualidade do seu sono.

6 alimentos para você evitar; saiba alternativas

1. Café

Alternativas:

Suco de maracujá

Leite

2. Mate, chá preto ou chá verde

Alternativas:

Chá de camomila

Chá de melissa

Chá de erva cidreira

Chá de passiflora

Chá de valeriana

3. Frituras

Alternativas:

Alimentos assados: em vez de batata frita, por exemplo, batatinhas e outros legumes assados no forno.

4. Alimentos gordurosos

Alternativas:

Caldos de legumes com frango desfiado, como de abóbora

Sanduíche natural

Ovos mexidos

Comida igual à do almoço, mas com atenção à quantidade consumida

Queijos mais magros, como o minas frescal

5. Doces e bebidas açucaradas

Alternativas

Frutas, de preferência cítricas, como laranja ou morango

Mingau de aveia

6. Bebidas alcóolicas

Alternativas:

Sucos de frutas cítricas (não coados)

Suco de maracujá

Chás sem cafeína

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES