Estes são os maiores vilões da pressão alta, segundo especialistas

A hipertensão, ou pressão arterial elevada, é uma condição prevalente que pode acarretar graves consequências a longo prazo

A pressão alta eleva o risco de a pessoa desenvolver doenças cardiovasculares | Reprodução/Internet
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

A hipertensão, ou pressão arterial elevada, é uma condição prevalente que pode acarretar graves consequências a longo prazo, aumentando o risco de doenças cardiovasculares, como ataques cardíacos e derrames cerebrais. No entanto, pequenas alterações na dieta e nos hábitos diários podem ter um impacto considerável na redução da pressão arterial.

MENOS SAL. Especialistas do Heart Research Institute do Reino Unido alertam que o consumo excessivo de sal e alimentos ricos em sódio é um dos principais contribuintes para a hipertensão. O sal induz a retenção de água no corpo, gerando pressão adicional nas paredes dos vasos sanguíneos e, consequentemente, elevando a pressão arterial.

PROCESSADOS. Alimentos como carnes processadas e defumadas, como bacon, salsichas e presunto, estão entre os piores culpados, sendo ricos em sódio. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) adultos saudáveis não devem ultrapassar cinco gramas de sal por dia. Para reduzir a ingestão de sódio, a melhor abordagem é utilizar menos sal ou substituí-lo por especiarias e ervas aromáticas. 

DE OLHO NOS RÓTULOS. É fundamental verificar os rótulos e etiquetas dos alimentos para identificar as opções com baixo teor de sódio. Portanto, adotar uma dieta saudável e equilibrada pode contribuir significativamente para o controle da pressão arterial, diminuindo, assim, o risco de doenças cardiovasculares.

Risco de outros problemas

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma doença crônica caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias. Essa condição, quando não controlada, faz aumentar o risco de aparecerem outras doenças graves e muitas vezes irreversíveis, como infarto, AVC e insuficiência renal. A pressão alta é considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um problema de saúde pública.

Esse problema atinge cerca de 25% dos adultos e 50% das pessoas com idade acima dos 60 anos. No entanto, a hipertensão não acontece apenas entre pessoas hipertensas, afinal, picos de estresse em qualquer pessoa que não sofre com o problema, podem levar a picos de pressão que também colocam em risco a saúde dos rins, do cérebro e do coração.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES