Alécio Rodrigues

Coluna do jornalista Alécio Rodrigues

Adversários em 2020, Ribinha e Joãozinho mudam de partido em Campo Maior

Atualmente, o MDB pleitea a indicação de vice na chapa do PT.

FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Os últimos movimentos da política em Campo Maior mostram um cenário parecido, mas totalmente opostos entre os candidatos da última eleição. Em 2020, o pleito foi marcado pelo então prefeito Ribinha, que buscava a reeleição pelo PT, e o atual prefeito Joãozinho Félix, que disputou pelo MDB e saiu vitorioso.

O QUE ACONTECEU?

Nem mesmo o apoio dos deputados Nogueira (pai e filho) foi suficiente para manter Joãozinho fora do Progressistas. Isso porque, constatando que não havia mais espaços dentro da base do governo, o gestor acabou assumindo de vez seu local de oposição e se filiando ao partido de Ciro Nogueira. O PDT era uma possibilidade.

E O RIBINHA? 

Já Ribinha, que nesse ano deve disputar uma vaga na Câmara Municipal, fez o caminho inverso. Deixou o PT pelo MDB. Para o ex-prefeito, trata-se apenas de uma acomodação política que lhe garanta uma chance maior de eleição, já que ele permanece apoiando Paulo Martins, pré-candidato do PT e, por consequência, do Karnak.

Em Campo Maior, o posicionamento político das principais lideranças foram muito claras em 2022. Joãozinho declarou voto em Sílvio, Joel e até em Bolsonaro. Por outro lado, Ribinha e Paulo Martins ficaram ao lado de Rafael, Wellington e Lula.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES