Apoliana Oliveira

Comentarista de política do Jogo do Poder. Jornalista, formada na Universidade Federal do Piauí.

Progressistas perde ação judicial contra Bárbara por anúncio de apoio a Novo

Progressistas perde ação judicial contra Bárbara por anunciar apoio a Novo

Avalie a matéria:
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí negou provimento ao recurso do Progressistas contra os deputados estaduais Fábio Novo (PT) e Bárbara do Firmino (PP).

O partido Progressistas alegou que o pré-candidato petista havia utilizado da Assembleia Legislativa do Piauí para praticar atos de campanha. A ação questionava uma declaração dada à imprensa pela deputada, em que retirava sua pré-candidatura a prefeita para apoiar Novo. 

Bárbara do Firmino (PP)/ Foto: Divulgação/Alepi

A ação tinha ainda como réus outros dez deputados e os vereadores Enzo Samuel (PDT) e Pollyana Rocha (PV), que acompanharam a coletiva da deputada no salão nobre da Casa Legislativa. 

Em sua defesa, Fábio Novo alegou que não houve ato de campanha em seu favor realizado na ALEPI, contrapondo ainda ao dizer que o próprio Progressistas e Silvio Mendes realizaram atos similares tanto na própria ALEPI quanto na Câmara Municipal de Teresina.

O TRE-PI confirmou, por unanimidade, que Fábio Novo não cometeu atos irregulares na ALEPI, segundo o Progressistas. Esta é a segunda derrota do partido no caso, após a Justiça Eleitoral também julgar improcedente a ação no primeiro grau.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES