Piauí alinha projeção de leitos antes da retomada das atividades

O Governo do Estado pretende alinhar o regramento com as prefeituras dos municípios para o retorno gradual das atividades.

Avalie a matéria:
|

O governador Wellington Dias discutiu sobre a projeção de leitos hospitalares para Covid-19 durante reunião, nesta sexta-feira (05), por videoconferência, com o Comitê de Operações Emergenciais (COE) para o novo coronavírus; o presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Jonas Moura; e o secretário de Governo de Teresina, Francisco Canindé.

A projeção irá auxiliar na tomada de decisão para a retomada das atividades econômicas no estado, com protocolos contidos no Pacto pela Retomada Organizada das Atividades Econômicas, que está disponível para consulta pública. A proposta considera o retorno de forma gradual, segmentada e regionalizada como bases estratégicas.

Divulgação

“Temos três indicadores favoráveis: a queda do número de pacientes com síndromes respiratórias; a queda na taxa de transmissibilidade e ampliação de leitos. Estamos com a expectativa de, até segunda-feira (8), chegarmos quase 500 leitos com respiradores. Pretendemos fazer uma projeção para os próximos 14 dias da ocupação dos leitos clínicos, de UTI e de estabilização, além da projeção de óbitos, com base nos números que temos hoje. Isso é fundamental para a tomada de decisão na retomada das atividades”, afirmou o chefe do Executivo estadual.

O Governo do Estado pretende alinhar o regramento com as prefeituras dos municípios, inclusive Teresina, para a retomada gradual das atividades. “Alinhamos as informações entre Estado e Municípios para que não haja conflito de informações e tomarmos as decisões de forma segura para todos, atentando ao risco de saúde e ao impacto econômico de cada seguimento”, ressaltou Dias.

O governador terá uma reunião de planejamento para definir a retomada neste sábado (6). “As regras de isolamento irão continuar, estamos dando um primeiro e pequeno passo para ver o que acontece, de forma transparente e com apoio científico, mediante protocolos com regras claras, com a preocupação de comunicar à população dos efeitos dessa decisão. Teremos um acompanhamento diário desses efeitos para uma avaliação de continuação ou não”, frisou Wellington.

Atualmente, o Piauí possui 195 leitos ocupados por pacientes com Covid-19, só o Hospital Getúlio Vargas (HGV) possui 40 leitos em operação, com apenas 16 deles ocupados.

Divulgação

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, está otimista com a ampliação de leitos no estado. “Pretendemos continuar nesse ritmo de instalação de leitos para que possamos cumprir com que temos nos comprometido perante à população”, afirmou o gestor.

O Piauí recebeu, nessa quarta-feira (3), mais 21 respiradores comprados de uma empresa privada. Os equipamentos fazem parte de um lote de 80 aparelhos adquiridos em março. Todos estão sendo enviados para hospitais estaduais e de referência no atendimento a pacientes com a Covid-19.

LEIA MAIS: Covid-19: Piauí registra 15 mortes em 24 h e casos passam de 6,7 mil

LEIA MAIS: HUT atinge 100% de ocupação dos leitos de UTI’s para a Covid-19

LEIA MAIS: Taxa de infecção no Piauí atinge o mais baixo índice da pandemia



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES