Festas juninas e julinas: veja curiosidades que você precisa conhecer

O período das festas juninas e julinas é um dos mais esperados do ano, sendo uma celebração popular, só perde em tamanho para o Carnaval.

Avalie a matéria:
Quadrilha junina durante apresentação das festas de junho de São João, no mês de junho | Google
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Arraiá 💥Está chegando um dos períodos das festas mais esperados do país, as juninas e julinas. Uma curisidade impressionante, quando o assunto é celebração popular, perdem em tamanho somente para o Carnaval. E são muitos os destaques: comidas típicas, roupas a caráter, danças e brincadeiras para as crianças. Confira algumas curiosidades sobre esta festa popular 💥

Por que existem festas juninas e julinas? Elas são uma adaptação de rituais pagãos que celebravam o solstício de verão, que eram transformadas pela Igreja Católica para festas dedicadas aos santos São João, Santo Antônio e São Pedro. Em Portugal, a festa recebia o nome de festa joanina, numa referência a São João. E aqui no Brasil, acontecia em junho, assim recebeu o nome de festa junina. E festa julina, se chama assim devido ao mês de julho, sendo celebrada porque, no Brasil, foi escolhido que o segundo mês do inverno pede por outras comemorações e quitutes.

Comemorações diferentes por regiões:  Em diferentes regiões do Brasil comemora-se o São João, através de diversas maneiras. Na região Nordeste, são realizadas as maiores festas, como o “arraiá” de Campo Grande, na Paraíba, considerado a maior festa junina do país. Já no Norte, eles encenam histórias folclóricas, como a lenda do Boto e o Boi-Bumbá. E existe uma dança típica chamada Carimbó, mistura de elementos das culturas indígena, africana e portuguesa. Centro-Oeste, tem tradições como a lavagem dos santos homenageados nas festas e apresentações de Cururu. E na região Sudeste, são quermesses e por fim, no Sul, tem sertanejo e vanerão acompanhados de fogueiras e quentão.

Origem das bandeirinhas: E as bandeiras com as imagens de São João, Santo Antônio e São Pedro eram espalhadas como forma de decorar as festividades. E no passar do tempo, elas foram se transformando, sendo as bandeirinhas pequenas e coloridas que se tornaram tão características do período junino. Em todas as festas juninas, julianas, as bandeiras fazem parte da decoração e dão ao local, mais brilho e beleza.

Leia Mais


Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES