Mania de coçar os olhos pode prejudicar sua saúde ocular e causar doenças

Mesmo que coçar os olhos sejam um hábito comum, podendo proporcionar uma sensação momentânea de alívio, essa ação pode causar consequências indesejadas para a saúde ocular

Avalie a matéria:
Veja três motivos surpreendentes pelos quais você deve evitar esse hábito comum. | Google

Por que não coçar os olhos?

Por se tratar de órgãos sensíveis, protegidos por uma barreira formada pela córnea e a conjuntiva, o ato de coçar os olhos pode absorver sujeira, germes e bactérias que, ao entrar em contato com região ocular, aumenta o risco de infecções e irritações. Especialistas ressaltam ainda que a pressão exercida, ao coçar os olhos, pode provocar danos nos tecidos oculares, como a conjuntiva, em casos mais graves causar a ruptura de pequenos vasos sanguíneos, resultando em olhos vermelhos e irritados.

As principais infecções oculares associadas a coçar os olhos são:

Conjuntivite: Causada por vírus, bactérias ou alérgenos, a conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, a membrana fina e transparente que cobre a superfície branca do olho e a parte interna das pálpebras. Ao coçar os olhos, você pode transferir esses agentes infecciosos para a conjuntiva, aumentando o risco de contrair a conjuntivite.

Blefarite: Inflamação das pálpebras que pode ser causada por uma infecção bacteriana. Coçar os olhos pode levar a uma transferência de bactérias para as pálpebras, o que agrava a condição ou facilita o desenvolvimento dela.

Ceratite: A ceratite é uma inflamação da córnea, a camada transparente na frente da íris e da pupila. Coçar os olhos com as mãos sujas pode permitir que bactérias e outros microrganismos cheguem à córnea, levando a uma infecção potencialmente grave.

Coçar os olhos também pode causar pequenos danos à superfície ocular, como arranhões ou lesões na córnea, alertam os especialistas, condição que pode aumentar o risco de infecção e complicações.

Prevenções contra infecções oculares

Lave as mãos: Antes de tocar os olhos ou o rosto, lave sempre as mãos com sabão e água para reduzir o risco de transferência de germes e bactérias.

Use um lenço de papel ou tecido limpo: Se você sentir a necessidade de aliviar a coceira, use um lenço de papel ou tecido limpo para pressionar suavemente sobre as pálpebras fechadas. Nunca esfregue ou puxe a pele ao redor dos olhos.

Utilize colírios lubrificantes: Se a coceira estiver relacionada à secura ocular ou irritação leve, considere usar colírios lubrificantes prescritos pelo oftalmologista para aliviar o desconforto.

Evite substâncias irritantes: Fique atento a substâncias que possam estar causando irritação nos olhos, como fumaça, poeira, produtos químicos ou maquiagem, e tente evitá-las.

Consulte um oftalmologista: Se a coceira ocular persistir ou for acompanhada por outros sintomas, como vermelhidão intensa, dor, secreção ou perda de visão, é essencial procurar um oftalmologista para uma avaliação adequada.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES