Pedro Scooby e Lucas Chumbo retornam para o Rio após missão no RS: “Dever cumprido”

Os atletas chegaram ao Rio Grande do Sul na segunda-feira (6) acompanhados de outros nove atletas

Avalie a matéria:
Pedro Scooby e Lucas Chumbo em stories em seus perfis no Instagram | Reprodução/Instagram
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Pedro Scooby e Lucas Chumbo, que estavam ajudando nos resgates no Rio Grande do Sul, decidiram voltar para o Rio de Janeiro na tarde deste sábado (11). Os surfistas seguirão de carro, em uma viagem que deve durar cerca de 25 horas.

"A gente está em alerta, se precisar, a gente volta. Mas espero que não precise, porque tudo ficou bem", avisou Scooby.

DEVER CUMPRIDO - Lucas explicou que todos estão cansados mentalmente e fisicamente, mas que seguem com o sentimento de dever cumprido. Ainda no vídeo compartilhado, ele afirma que a primeira fase da tragédia já passou.

"Está todo mundo mentalmente e fisicamente cansado. A gente agora tem 25 horas de estrada até em casa, mas o sentimento é de dever cumprido. A primeira fase dessa tragédia, que eram os resgates, passou", explicou.

Lucas Chumbo em foto com bebê resgatado no Rs.  Foto: Reprodução Instagram

SEGUEM PRECISANDO DE DOAÇÕES - O surfista continuou e disse que a demanda por resgates, que eles vinham ajudando usando jet-skis, teria diminuído bastante. Ele aproveitou para reforçar o pedido por doações, colocando que essa é a nova missão. "Quem puder e quiser abraçar essa causa conosco e doar, o Rio Grande do Sul está precisando".

EQUIPAMENTOS FORAM DOADOS - O ex de Piovani explicou que os jet-skis doados seguirão no Rio Grande do Sul para levar vacinas e alimentos para as pessoas que optarem por não sair de suas casas em áreas de risco. "Esses jets são um presente para o Rio Grande do Sul, para os resgates e vão ficar aqui”.

NOVO INTEGRANTE PARA A FAMÍLIA - O atleta mostrou também que não irá retornar sozinho para casa. Após verificar se o animal tinha dono, Pedro adotou um dos mais de 20 cachorrinhos ilhados que ajudou a resgatar. O bichinho, que agora se chama Eldorado, nome do local onde ele foi salvo, segue rumo à sua nova família. 

"Teve um cachorro que ficou no meu colinho no jet ski. E eu até falei 'ele me adotou'. Só que depois que ele foi para a triagem, eu acabei não encontrando mais ele. Aí eu comecei a perguntar para todo mundo. Achamos. Ele vai comigo para o Rio de Janeiro."

Eldorado, cão adotado por Scooby. Foto: Reprodução Instagram

OUTROS SURFISTAS PERMANECEM NO ESTADO GAÚCHO

Scooby e Chumbo chegaram ao Rio Grande do Sul na segunda-feira (6) acompanhados de outros nove atletas: Reyzinho Duarte, Ian Cosenza, Michelle desBouillons, Will Santana, Iankel Noronha, Felipe Cesarano, Júnior da Salinas Turismo, Bernardo Scolari e Thiago Lemgruber. O piloto de jet-ski Alemão de Maresias, que é especialista em resgates em ondas grandes, também integra o time. Na quinta-feira (9), o campeão olímpico Italo Ferreira também se juntou ao grupo.

Leia Mais


Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES