Bombeiros do Piauí chegam no estado do Rio Grande do Sul e iniciam ações

Usando suas embarcações, os militares estão realizando a entrega de água e cestas básicas, além de resgate e salvamento

Avalie a matéria:
Bombeiros do Piauí na cidade de São Leopoldo-RS | Ascom
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Na noite dessa sexta-feira (10), equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Piauí, chegaram na cidade de São Leopoldo, região metropolitana de Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul, que enfrenta um cenário de calamidade devido aos grandes volumes de chuva que têm causado inundações por diversos municípios.

Os dez bombeiros militares do CBMEPI, enviados para integrarem a força-tarefa humanitária no sul do país, foram designados pelo gabinete de gestão de crises do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (LIGABOM), para atuarem, neste primeiro momento, no município de São Leopoldo. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, apesar do nível das águas do Rio dos Sinos, ter baixando rapidamente, a cidade ainda enfrenta uma intensa inundação, precisando de ajuda humanitária, patrulhamento, resgate e salvamento.

“O trajeto de nossa viagem foi tranquilo, e a acolhida foi positiva. Ainda durante a madrugada deste sábado, parte de nossa equipe estava nas ruas de São Leopoldo, realizando junto da guarda nacional, missões de patrulhamento ostensivo e de buscas por possíveis desaparecidos. O momento pede integração entre as forças de segurança, e o seguimento à risca das orientações da LIGABOM, para que possamos cumprir a missão para a qual fomos designados”, esclareceu o comandante da operação, capitão do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, Arlindo Júnior.

AJUDA HUMANITÁRIA: Na manhã deste sábado (11), as equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí já se encontram prestando assistência humanitária no bairro Santos Dumont, em São Leopoldo. Usando suas embarcações, os militares estão realizando a entrega de água e cestas básicas, além de ficarem disponíveis para atendimentos de resgate e salvamento.

EQUIPAMENTOS: Além do efetivo de dez bombeiros militares, dois veículos picapes de resgate e salvamento equipados com instrumentos como boias, coletes, cordas, barcos, pás, enxadas, e motores de popa, foram enviados. Uma picape de apoio, e dois barcos também foram direcionados para a operação.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES