Após contradições, Daniel Alves pede para dar novo depoimento à Justiça

Jogador de 39 anos foi preso na última sexta por acusações de assédio sexual

Avalie a matéria:
Dani Alves | Lucas Figueiredo/CBF

Preso desde a última sexta acusado de assédio sexual contra uma mulher em Barcelona, Daniel Alves teria pedido para realizar um novo depoimento à Justiça. De acordo com a rádio 'Cadena SER', a solicitação foi feita pelo jogador de 39 anos neste domingo.

Leia Mais

Daniel fez o pedido após ter dado declarações diferentes sobre o caso nas últimas semanas. À imprensa espanhola, o brasileiro alegou que não conhecia a mulher e que estava só 'dançando e curtindo' na festa. À Justiça, contudo, alegou que a relação com a mulher foi 'consensual'.

Daniel Alves está preso na delegacia de Brians I, na Catalunha (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Daniel Alves negou as acusações da mulher, mas admitiu as relações sexuais com a mesma. Já a vítima teria sido 'contundente' em todos os depoimentos e não teria alterado nenhuma versão. O jogador brasileiro segue preso na delegacia de Brians I, na Catalunha.

Uma mulher acusou Daniel Alves de assédio sexual e estupro, na boate Sutton, na Catalunha, no dia 30 de dezembro. Segundo o "El Periódico", o jogador teria colocado a mão da mulher em seu pênis e, logo depois, a levado a um banheiro da casa de show. No local, o atleta de 39 anos a teria violentado. Nesta sexta, o jogador foi preso preventivamente.

Em contato com o LANCE!, logo após a divulgação do caso, a assessoria do jogador negou as informações. O brasileiro também rechaçou o ocorrido à imprensa espanhola. O estafe do atleta também afirmou que o empresário, FranSérgio, e o advogado de Daniel Alves viajaram na última sexta para Barcelona para acompanhar o ocorrido.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES