Cícero Nobre é bronze com recorde mundial paralímpico no lançamento dardo

O ouro ficou com azeri Hamed Heidari, do Azerbaijão e a prata para o iraniano Amanolah Papi.

Avalie a matéria:
Cícero Valdiran Nobre em ação nas Paralimpíadas | oto: Wander Roberto CPB

O brasileiro Cícero Nobre fez bonito na manhã deste sábado (28) nas Paralimpíadas de Tóquio 2020 e chegou a quebrar o recorde paralímpico, mas ainda foi superado no final do lançamento de dardo da classe F57 (para pessoas com problemas na perna e compete sentado). Nobre arremesou para 48,93m, e levou a medalha de bronze.

Cícero foi um dos primeiros a competir. O recorde veio no terceiro lançamento. Ele também lançou o arco em 46,21 m, 46,82m, 46,52m e 48,70m. 

Cícero Valdiran Nobre em ação nas Paralimpíadas — Foto: Wander Roberto CPB

O ouro ficou com azeri Hamed Heidari e a prata para o iraniano Amanolah Papi.Papi ultrapassou o brasileiro na classificação com direito a quatro quebras de recorde mundial, até então em posse de Cícero, em seis tentativas, tendo 49,56m como melhor marca.

A medalha de bronze é a primeira da carreira de Cícero em Paralimpíadas. Na Rio 2016 ele se despediu na quarta colocação. Para os Jogos de Tóquio ele chegou como favorito graças aos títulos nos Jogos Parapan-Americanos de Lima e no Mundial de 2019, ocasião no qual havia tomado de Papi o recorde mundial (49,26m).



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES