PL propõe ônibus exclusivos para mulheres em horários de pico

O projeto é justificado nas estatísticas onde 90% das mulheres em todo Brasil já sofreram algum tipo de assédio dentro de transporte público, segundo a vereadora Karla Sarney.

Avalie a matéria:
Ônibus em São Luís, no Maranhão | FOTO: Reprodução/O Imparcial

A Câmara Municipal de São Luís (MA) aprovou e promulgou um projeto de lei que dá direito às mulheres aos uso do transporte público em horários de pico. O PL é de autoria da vereadora Karla Sarney e busca diminuir casos de importunação nos ônibus.

O QUE DIZ O PROJETO?

A nova lei propõe que os ônibus tenham cor lilás, indicando o uso exclusivo para mulheres. Ao todo, 20% da frota já existente será destinada ao público nos horários de 6h às 9h e também das 17h às 20h.

“Essa iniciativa é para a proteção, segurança e preservação da integridade física e moral das mulheres que utilizam o transporte público coletivo [...] são normas que refletem um compromisso com a igualdade de gênero e valorizam o papel das mulheres para o desenvolvimento e progresso da cidade”, afirmou Karla Sarney.

COMO FUNCIONARÁ?

Conforme o PL, a Guarda Municipal ficará responsável por fiscalizar e garantir que as mulheres usem os ônibus com segurança. O projeto é justificado nas estatísticas onde 90% das mulheres em todo Brasil já sofreram algum tipo de assédio dentro de transporte público, segundo a vereadora.

“No Maranhão, segundo a Polícia Civil, em 2022 mais de 500 casos foram registrados”, completou a parlamentar.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES