Artigo: 'Jesus, Rocha Minha', por Roberto Veloso

Jesus Cristo nos convida a estarmos em sua palavra, porque ela é comparada à rocha

Avalie a matéria:
Imagem mostra rocha em área verde | Reprodução
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

“Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.” (Mateus, 7:24-25)

Jesus Cristo nos convida a estarmos em sua palavra, porque ela é comparada à rocha. Quem edifica sua casa espiritual na palavra de Jesus, é semelhante à rocha, as intemperíes não a atingem.

Os ventos, as tempestades, as tribulações do mundo não conseguem abalar a fortaleza espiritual de quem está com Jesus, porque ele é a rocha sobre a qual estamos edificados.

“Vive o Senhor, e bendita seja a minha Rocha! Exaltado seja o meu Deus, a Rocha da minha salvação!” (2 Samuel, 22:47)

Na Bíblia, a expressão rocha é muito utilizada para significar algo forte, duradouro e estável. Quando falamos de Deus comparando-o a uma rocha, estamos ressaltando Sua força, segurança e apoio.

Jesus é essa rocha inabalável que Deus enviou à Terra para Nele edificarmos nosso templo, onde habita o Espírito Santo, garantindo que permaneçamos firmes diante de toda dificuldade.

O apóstolo Pedro bem definiu Jesus como rocha.

“Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo.” (2 Pedro, 2:4-5)

Por isso, Jesus, como manifestação de Deus entre nós, que se fez carne para possibilitar a nossa salvação, é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente em nossas aflições.

“O Senhor é a minha rocha, a minha cidadela, o meu libertador; o meu Deus, o meu rochedo em que me refugio; o meu escudo, a força da minha salvação, o meu baluarte.” (Salmos, 18:2)

Jesus é a fonte eterna de nossa salvação, dele jorra água viva, quem dela tomar nunca mais terá sede, porque ela é redentora.

O sangue de Jesus derramado na cruz do calvário nos redime de todo o pecado e nos oportuniza a vida eterna ao lado do Pai, a quem veremos face a face nas regiões celestiais.

No Salmo 18:2, Davi reconhece e exalta Deus como a sua rocha e refúgio, assim, também devemos fazer em relação a Jesus Cristo, porque Ele fornece a vida eterna. Edifiquemos, portanto, nossa casa espiritual em Jesus, a rocha de nossa salvação.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES