Cidade em MG tem dia mais quente da história do país e supera Bom Jesus no Piauí

Município que fica no Vale do Jequitinhonha registrou o dia mais quente em quase 18 anos

Avalie a matéria:
44,8°C: cidade em Minas Gerais tem o dia mais quente da história do Brasil | Reprodução

O município de Araçuaí (MG), situado a 678 km de Belo Horizonte, no Vale do Jequitinhonha, alcançou o título de local mais quente do Brasil, conforme indicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). No domingo (19), a cidade registrou uma temperatura impressionante de 44,8°C.

Esse novo recorde superou o anterior estabelecido em 21 de novembro de 2005, em Bom Jesus (PI), localizado a 632 km ao sul de Teresina, quando a máxima atingiu 44,7°C. A oitava onda de calor, que persistiu no Brasil desde 8 de novembro, finalmente dissipou durante o fim de semana, após provocar elevadas temperaturas no interior do país.

PREVISÃO DO TEMPO

Depois do declínio nas temperaturas registrado no domingo (19), está previsto o retorno do calor à cidade de São Paulo já na terça-feira (21). No feriado do Dia da Consciência Negra, segunda-feira (20), a temperatura máxima não deverá exceder os 23°C na capital, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Na terça-feira, o clima esquenta, atingindo os 30°C, e na quarta-feira (22), a previsão é de uma máxima de 32°C. 

Apesar da diminuição da intensidade da chuva com o afastamento da frente fria que causou transtornos durante o fim de semana, novas pancadas podem ocorrer até terça-feira. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura de São Paulo informa que a chegada da brisa marítima aumenta a nebulosidade, favorecendo chuvas isoladas e de curta duração na capital.

Conforme a Climatempo, na quinta a máxima pode chegar a 34°C na capital paulista. Para sexta (24), porém, está prevista uma queda brusca de temperatura, e os termômetros não devem passar de 27°C. O próximo fim de semana tende a ser marcado por nova virada no tempo na cidade, com mínima de 17°C no domingo (26), diz a Climatempo. Também há previsão de pancadas de chuva a qualquer hora do dia.

No Rio de Janeiro, que experimentou dois recordes de calor do ano em um único dia, atingindo 42,5°C no sábado (18), os termômetros não ultrapassaram os 28°C no domingo (19). Essa condição deverá persistir no início desta semana, com a ocorrência de pancadas de chuva e trovoadas. O calor começará a retornar na terça-feira. Segundo a Climatempo, o Sul do país enfrentará novos temporais a partir de terça-feira. Nos últimos dias, o Rio Grande do Sul registrou três mortes em decorrência das chuvas. Na quarta-feira (22), toda a região entrará em alerta, com previsão de tempestades no Paraná e possibilidade de granizo nos três estados.

Em Minas Gerais e em parte do Centro-Oeste as temperaturas devem sofrer queda nesta segunda, com temporais isolados. A frente fria não será capaz de resfriar e aumentar muito o volume de chuvas no Nordeste e no Norte do país, que devem ter temperaturas na casa dos 30°C.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES