Colisão entre ônibus e trem deixa seis feridos; vídeo mostra acidente!

O ônibus, pertencente à empresa Transportes Blanco, estava realizando a linha Engenheiro Pedreira-Central do Brasil e encontrava-se lotado no momento da colisão.

Avalie a matéria:
Motorista do ônibus teria avançado o sinal da passagem de nível e colidiu com trem | Reprodução

Na madrugada desta terça-feira (18), ocorreu uma colisão entre um ônibus da Transportes Blanco e um trem da Supervia em uma passagem de nível na Estrada Miguel Pereira, localizada em Japeri, na Baixada Fluminense. Cinco pessoas ficaram feridas. Conforme informações dos bombeiros, seis pessoas ficaram feridas e as vítimas foram classificadas como verdes, ou seja, sem ferimentos graves, e estão sendo atendidas em hospital.

Após o acidente, a operação do ramal Japeri para Paracambi foi suspensa. De acordo com o relato dos bombeiros, equipes dos quartéis de Paracambi e Seropédica foram acionadas por volta das 4h47 para se dirigirem à Rua Lenir Ferreira, no Centro do município.

O ônibus, pertencente à empresa Transportes Blanco, estava realizando a linha Engenheiro Pedreira-Central do Brasil e encontrava-se lotado no momento da colisão. A Supervia informou que o ônibus chegou a avançar o sinal da passagem de nível.

Por sua vez, a Transportes Blanco esclareceu que está colaborando com a investigação policial, que irá determinar as causas do acidente. Além disso, a empresa abriu um procedimento interno para apurar a conduta do motorista, uma vez que realiza treinamentos regulares para seus profissionais. A Supervia também ressaltou o risco de não parar nos cruzamentos.

"Todas as passagens regulares são devidamente sinalizadas, seguindo as exigências da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)", afirmou a concessionária.

"A Supervia lembra que, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, os trens têm prioridade de passagem em relação aos demais veículos. Além disso, é importante ressaltar que os trens são grandes e pesados, o que impede que parem imediatamente após o acionamento dos freios. Por exemplo, a uma velocidade de 80 km/h, mesmo com a frenagem de emergência, o trem percorre aproximadamente 290 metros até parar completamente", detalhou a empresa.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES