Com baixa adesão campanha de vacinação contra gripe encerra hoje (31)

Apenas os grupos da população privada de liberdade e os povos indígenas que vivem em terras indígenas conseguiram vacinar mais da metade de suas respectivas populações-alvo, atingindo taxas de 53,7% e 61,8%, respectivamente.

Avalie a matéria:
Apesar do encerramento da campanha, o governo federal está instruindo os estados e municípios a continuarem vacinando a população contra a influenza | Breno Esaki/Agência Saúde

Termina hoje quarta-feira (31), a campanha de vacinação contra a gripe  e ao que mostra o andamento da aplicação de doses, o Brasil não vai conseguir atingir a meta de imunização de  pelo menos 90% do público-alvo mais uma vez. Do total de 80 milhões de doses distribuídas pelo Ministério da Saúde, aproximadamente 35,8 milhões foram administradas até o dia anterior ao encerramento da campanha, o que corresponde a somente 44,8% do número total de vacinas disponibilizadas.

Apesar do encerramento da campanha, o governo federal está instruindo os estados e municípios a continuarem vacinando a população contra a influenza, caso ainda possuam doses em estoque. Desde o dia 15 de maio, todas as pessoas com mais de seis meses de idade podem receber a vacina contra a gripe, que está disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS).

Com base no painel de monitoramento do governo a vacinação para gestantes, puérperas, idosos , trabalhadores da sáude , professores e crianças estava em 41,2%. Já entre as crianças  a cobertura vacinal era de 31,2%.  Os idosos que fazem parte do maior grupo entre os priorietários, cerca de 31,2 milhões de pessoas, a cobertura de doses aplicadas foi de 46,7%.

Apenas os grupos da população privada de liberdade e os povos indígenas que vivem em terras indígenas conseguiram vacinar mais da metade de suas respectivas populações-alvo, atingindo taxas de 53,7% e 61,8%, respectivamente. 

Leia Mais

A partir de 10 de abril, teve início a campanha de vacinação contra a gripe, voltada inicialmente para grupos mais vulneráveis e suscetíveis ao vírus influenza, como idosos, gestantes e professores. Estima-se que o público-alvo deste ano seja composto por aproximadamente 81,7 milhões de pessoas.  

Após cerca de um mês, o Ministério da Saúde optou por expandir a vacinação contra a gripe para toda a população com mais de seis meses de idade. Diferentemente de anos anteriores, essa liberação ocorreu antes do término da campanha. A ampliação foi antecipada devido à baixa procura pela vacina por parte da população e ao estoque excedente relatado pelos estados e municípios. Até então, apenas 21 milhões de doses haviam sido administradas em indivíduos pertencentes aos grupos prioritários.

No Brasil, além da disponibilidade nos postos de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina contra a gripe também pode ser encontrada na rede privada, como em clínicas e farmácias.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES