Corpos de três piauienses são liberados pelo IML de São Paulo para traslado

Ao todo, quatro piauienses morreram e outros quatro seguem desaparecidos. Até o último balanço, 50 pessoas morreram na tragédia.

Avalie a matéria:
56 | ru

Três corpos de piauienses que foram vítimas dos desastres provocados pelas fortes chuvas no Litoral Norte de São Paulo, foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) nesta quinta-feira (23) e devem chegar no Estado ainda hoje. O Governo e a prefeitura de São Pedro do Piauí, de onde as vítimas são naturais, já articulam o traslado dos corpos. 

Em entrevista ao Meionorte.com, o prefeito Júnior Bill explicou que os corpos foram liberados hoje e já estavam a caminho de São Sebastião para o Aeroporto do Campo de Marte. Os corpos de Keyson Raniery Rios Silva, de 2 anos, Adriel de Sousa Costa e Maria dos Santos Gomes da Conceição, além de seis familiares das vítimas, serão levados nas duas aeronaves cedidas pelo Governo do Piauí. 

Corpos de 3 piauienses são liberados pelo IML de SP para traslado ao estado (Foto: Ccom)

“São seis pessoas da família e mais esses três corpos. Estamos dando todo o apoio. A gente ia até fazer o traslado, mas o governo se colocou a disposição. Hoje a secretária de assistência Social Regina Sousa esteve em nossa cidade, acompanhando a família”, pontuou ainda o gestor. 

Entre os familiares que serão transportados nos voos, estão os sobreviventes Ana Cristina da Conceição Silva e a criança Alef Miguel da Conceição Costa, de 2 anos, que é filho do casal Adriel de Sousa e Maria dos Santos, vítimas das enxurradas.  

Demais familiares: 

  • Gleiciane Pereira Jesus Silva (idade não identificada)
  • João Emanoel Pereira da Silva (15 anos)
  • Maria de Jesus Pereira da Silva (13 anos)
  • Francisco Cícero Pereira da Silva (06 anos)

A aeronave desembarca com as vítimas no Aeroporto de Teresina e um carro da funerária irá fazer o transporte para São Pedro do Piauí, município localizado a 109 km da capital. Ao todo, cinco piauienses morreram e outros 3 seguem desaparecidos. Até o último balanço, 50 pessoas morreram na tragédia - outras continuam desaparecidas.

Piauense de São Braz do Piauí já foi sepultado

O corpo do piauiense Ariosvaldo Paes Landim, de 46 anos, chegou no município de São Braz do Piauí, na noite de quarta-feira, 22 de fevereiro. Ele é uma das vítimas que morreram nos deslizamentos de terras provocados pelo temporal em São Sebastião, no litoral Norte de São Paulo.

O traslado do corpo do piauiense foi todo providenciado pela prefeita do município Deborah Sayonara. Ele saiu de São Paulo em um voo comercial com destino a Petrolina e em seguida encaminhado para o Piauí. A prima de Ariosvaldo, Beatriz Macedo de Farias, de 26 anos, segue desaparecida.Ariosvaldo Paes Landim já foi sepultado. Beatriz, sua prima, segue ainda desaparecisa (Foto: Divulgação)



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES