Aneel autoriza mais unidades de energia eólica no Piauí

O prazo de outorga é de 35 anos. A potência instalada da cada unidade é de 30.000 KW.

Avalie a matéria:
Aneel autoriza mais unidades de energia eólica no Piauí | Ari Versiani

O superintendente adjunto da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Rodrigo Cesar Neves Mendonça, autorizou em publicação no Diário Oficial da União da última sexta (16), a instalação de mais duas unidades geradoras de energia eólica no Piauí. As duas estão incluídas no Complexo Oitis, localizado no município de Dom Inocêncio.

Somadas as unidades geradoras possuem a capacidade de geração de 10,5 mil kW de potência. A autorização é para a operação em teste.

Leia Mais

No início do mês, o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Sandoval de Araújo Feitosa já havia autorizado em portarias a implantação, exploração ou operação de mais 67 unidades geradoras de energia eólica ou solar no Piauí.

As autorizações alavancaram o potencial piauiense no setor, fomentando o desenvolvimento socioeconômico em diversos municípios. Nesse âmbito, foi avalizada a implantação de exploração de 10 unidades da Usina Solar Fotolvotaica Raios de Bom Princípio, que ficará localizada no litoral, mais especificamente em Luís Correia. O prazo de outorga é de 35 anos. A potência instalada da cada unidade é de 30.000 KW.

Outra autorização da Diretoria da Aneel versou sobre a UFV Sol de Itaueira, ao todo, são 26 unidades, localizadas no município de Floriano, com potência instalada 49.995 kW, o prazo de outorga também é de 35 anos.

Nos municípios de Betânia do Piauí e de Paulistana, avalizou-se a operação comercial de quatro unidades dos Complexos Eólicos Ventos de São Caio e Ventos de São Ciro; cada geradora possui potência instalada de 4.400 kW cada.

Piauí é destaque nacional em energia limpa (Foto: Ari Versiani)Por fim, também foi autorizada a implantação e exploração da UFV Solaris 44, são 27 unidades em Campo Maior, com 43.551 kW de Potência Instalada cada.

Além dos documentos assinados pelo diretor-geral Sandoval Araújo Feitosa, que é, inclusive, piauiense; o superintendente Gentil Nogueira de Sá Júnior liberou para início de operação em teste 3 unidades geradoras no município de Dom Inocêncio, referentes ao Complexo Oitis, com capacidade de 5.500 kW de potência instalada.

Cabe indicar que o Piauí é destaque nacional e em todo o continente na produção de energias renováveis, o Estado possui um total de 83 empreendimentos de energia eólica em operação e somam um total de 2,44 GW de capacidade instalada.

Os empreendimentos estão instalados nos municípios de Caldeirão Grande do Piauí, Curral Novo do Piauí, Ilha Grande, Lagoa do Barro do Piauí, Marcolândia, Parnaíba, Queimada Nova e Simões. Além dos já instalados, o Estado conta com um total de 30 empreendimentos em fase de construção, que terão um total de 1,25 GW de capacidade instalada. Entre as empresas que aguardam aval para instalação estão as usinas Vento Tupi e Palmas do Mar.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES