Bolsa Família começa a ser pago hoje a 21,4 milhões de beneficiários

Recebem hoje os beneficiários com final 1 do NIS (Número de Inscrição Social), conforme calendário, que vai até o dia 29

Avalie a matéria:
Bolsa Família começa a ser pago hoje a 21,4 milhões de beneficiários | Roberta Aline/MDS

O pagamento referente a setembro do programa Bolsa Família terá início nesta segunda-feira, dia 18. Neste mês, cerca de 21,4 milhões de famílias serão beneficiadas. A Caixa Econômica Federal antecipou a liberação dos recursos no último sábado para os beneficiários cujo final do Número de Inscrição Social (NIS) é 1, seguindo o calendário escalonado que se estende até o dia 29.

Cada família recebe uma parcela mensal de R$ 600 no programa. No caso de famílias com dependentes menores de 7 anos, é concedido um adicional de R$ 150 por criança. Além disso, há um acréscimo de R$ 50 mensais para gestantes, crianças a partir de 7 anos e adolescentes entre 12 e 18 anos. No momento, o auxílio é direcionado às famílias em condição de pobreza, cuja renda mensal per capita seja de até R$ 218, e que estejam devidamente registradas no CadÚnico (Cadastro Único).

Calendário de pagamentos de setembro

• NIS final 1: 18 de setembro

• NIS final 2: 19 de setembro

• NIS final 3: 20 de setembro

• NIS final 4: 21 de setembro

• NIS final 5: 22 de setembro

• NIS final 6: 25 de setembro

• NIS final 7: 26 de setembro

• NIS final 8: 27 de setembro

• NIS final 9: 28 de setembro

• NIS final 0: 29 de setembro

É possível obter informações sobre os valores que serão disponibilizados através dos aplicativos do Bolsa Família e Caixa Tem, bem como pelo telefone 111. Aqueles que recebem as parcelas do programa social por meio do Caixa Tem, em conta poupança social digital, têm a opção de movimentar os recursos por meio do aplicativo. Para efetuar saques, as alternativas incluem terminais de autoatendimento do banco, unidades lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e agências da Caixa Econômica Federal. Além disso, o cartão do programa pode ser utilizado diretamente para efetuar pagamentos de compras em estabelecimentos comerciais, através da função débito.

Para se qualificar para o Bolsa Família, a regra principal é que a renda per capita de cada membro da família seja, no máximo, R$ 218 por mês. Por exemplo, se um membro da família recebe um salário mínimo (R$ 1.320), e a família é composta por sete pessoas, a renda per capita de cada um é de R$ 188. Dessa forma, estando abaixo do limite de R$ 218 por pessoa, a família tem direito a receber o benefício.

Além disso, para manter-se no programa, são exigidos requisitos como a frequência escolar para crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos pertencentes às famílias beneficiárias, o acompanhamento pré-natal para gestantes, o acompanhamento nutricional para crianças de até 6 anos e a manutenção da caderneta de vacinação atualizada. A família que se enquadra nos critérios necessários deve estar devidamente inscrita e com informações precisas e atualizadas no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal).



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES