Eletrobras vende 49% dos seus ativos de complexo energético no Piauí

As participações nestes ativos designados para venda estavam registradas contabilmente em R$ 222 milhões no terceiro trimestre de 2023.

Avalie a matéria:
Complexo Chapada do Piauí | Divulgação/fotolia

A Eletrobras (ELET3;ELET6) formalizou um contrato com a Infraestrutura Brasil Holding XX, uma empresa controlada por fundos geridos pelo Pátria Investimentos, para a alienação de 49% do capital social das Sociedades de Propósito Específico (SPEs) do complexo Chapada do Piauí.

As participações nestes ativos designados para venda estavam registradas contabilmente em R$ 222 milhões no terceiro trimestre de 2023, apresentando um prejuízo por equivalência patrimonial de R$ 9,8 milhões ao longo de 2022. Os detalhes adicionais da transação estão resguardados por cláusulas de confidencialidade.

Leia Mais

Com o intuito de otimizar sua alocação de capital, a Eletrobras optou por efetivar a venda por meio do exercício de seu direito de venda conjunta (tag along), conforme estabelecido no acordo de acionistas celebrado entre a Eletrobras e a ContourGlobal, que é a acionista majoritária em ambas as sociedades.

Os complexos eólicos abrangem um total de 15 SPEs, totalizando uma capacidade instalada de 377,5 MW, e estão situados no estado do Piauí.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES