Homem que mais enriqueceu em 2022 deixa o top 10 de bilionários

O indiano Gautam Adani teve um aumento de US$ 33,8 bilhões em sua fortuna no último ano, desbancando Bill Gates e entrando no top 3 homens mais ricos do mundo

Avalie a matéria:
indiano | reprodução

Gautam Adani, homem mais rico da Ásia e quem mais enriqueceu em 2022, perdeu o acesso a um grupo bastante seleto: o das 10 pessoas mais ricas do mundo. Com base no fechamento dos pregões das bolsas de valores globais nesta segunda-feira (30), o indiano perdeu US$ 8,21 bilhões - cerca de R$ 42 bilhões - em um único dia e caiu para a 11ª posição do ranking de bilionários da Bloomberg.

 Gautam Adani — Foto: Perfil/Twitter

Atualmente, a fortuna do fundador do Adani Group (conglomerado de sete empresas que vão de operações portuárias na Índia a minas de carvão na Austrália) é estimada em US$ 84,4 bilhões. Apesar do alto valor, há poucos meses, em setembro de 2022, essa fortuna era de US$ 150 bilhões.

A queda mais acentuada da fortuna do bilionário, entretanto, é recente. De acordo com o ranking da Bloomberg, há uma semana, em 23 de janeiro, Adani ainda possuía cerca de US$ 120 bilhões - uma queda de US$ 35,6 bilhões em sete dias.

Por que Gautam Adani está perdendo dinheiro?

A forte baixa do patrimônio do magnata indiano é decorrente do derretimento das ações de seu grupo empresarial nas bolsas de valores.

Na semana passada, a empresa de investimentos Hindenburg Research afirmou que o grupo desenvolveu um "sistema de fraude na contabilidade durante décadas", manipulando os lucros "para manter a aparência de boa saúde financeira e de solvência" de todas as suas filiais de capital aberto listadas em bolsa.

Uma das principais subsidiárias do grupo, a Adani Enterprises, despencou cerca de 15% na bolsa de Nova York desde então.

Depois do relatório da Hindenburg apontando supostas fraudes nas empresas de Adani, o grupo rebateu as acusações e disse que elas foram "mal-intencionadas" - o que ainda não foi suficiente para reverter a queda no preço dos papéis das subsidiárias da empresa ou amenizar a baixa na fortuna do bilionário indiano.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES