Trabalhadores ainda podem sacar R$ 535 milhões de abono do PIS/Pasep; saiba como

540 mil profissionais aptos ao benefício ainda não realizaram o saque, sendo 153,6 mil referentes ao PIS e 387,3 mil ao Pasep

Avalie a matéria:
PIS/Pasep | Reprodução/Internet

Os trabalhadores formais e servidores públicos têm até o dia 28 de dezembro para sacar R$ 535,8 milhões referentes ao abono salarial do PIS/Pasep 2023. De acordo com informações do Ministério do Trabalho e Emprego, mais de 540 mil profissionais aptos ao benefício ainda não realizaram o saque, sendo 153,6 mil referentes ao PIS e 387,3 mil ao Pasep.

O Programa de Integração Social (PIS) é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada, pago pela Caixa Econômica Federal, enquanto o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é destinado aos servidores públicos e pago pelo Banco do Brasil (BB).

Para ter direito ao abono do PIS/Pasep, é necessário ter trabalhado com carteira assinada ou sido servidor, recebendo até dois salários mínimos no ano-base. Além disso, é preciso estar inscrito no programa por, pelo menos, cinco anos e ter os dados corretamente informados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

A consulta para verificar o direito ao benefício pode ser feita no aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou no Portal Gov.br. Clientes da Caixa ou do BB já receberam o valor diretamente em conta, seguindo o calendário anual do PIS/Pasep.

Como consultar

Pela internet:

  1. Acesse o site [link] e clique em "Entrar com gov.br"
  2. Faça login com CPF e senha cadastrados no Portal Gov.br
  3. Clique em "Abono Salarial"
  4. Verifique se o trabalhador receberá o benefício ou não

Pelo aplicativo:

  1. Baixe o aplicativo Carteira de Trabalho Digital no celular ou tablet, caso não o tenha
  2. Faça login com CPF e senha cadastrados no Portal Gov.br
  3. Na tela inicial, clique em "Abono Salarial - Consultar" ou, caso não apareça, acesse "Benefícios e Abono Salarial"
  4. Visualize as informações sobre os valores a receber

O prazo para saque do PIS e Pasep é até 28 de dezembro deste ano. Em 2023, foram pagos R$ 24,2 bilhões, de um total de R$ 24,5 bilhões disponíveis, beneficiando 24 milhões de profissionais. O valor do abono varia de acordo com o número de meses trabalhados no ano-base.

Exemplo de valores

Meses Trabalhados

Valor do Abono (em reais)

1

109

2

217

3

326

4

434

5

543

6

651

7

760

8

868

9

977

10

1.085

11

1.194

12

1.302

Quem tem direito ao abono?

Tem direito ao abono do PIS/Pasep o trabalhador que, no ano-base de 2021:

  1. Exerceu atividade remunerada com carteira assinada por pelo menos 30 dias
  2. Recebeu até dois salários mínimos, em média
  3. Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos
  4. Teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Rais e no eSocial

O governo também pagou R$ 24 bilhões de cota do PIS/Pasep a 10,5 milhões de trabalhadores neste ano. A cota é diferente do abono salarial, sendo destinada a quem tinha depósitos individuais feitos pelas empresas no Fundo PIS/Pasep até 1988. A partir de 2020, os valores migraram para o FGTS. O abono salarial é um valor anual destinado a quem, no ano-base, trabalhou com carteira assinada ganhando até dois salários mínimos, proporcional aos meses trabalhados.

Para mais informações, acesse MeioNorte.com

Leia Mais


Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES