FMS: Atendimento é mantido durante interdição do Hospital do Buenos Aires

A interdição ética ocorre inicialmente por 60 dias e é decorrente das vistorias realizadas pelo Conselho Regional de Medicina do Estado do Piauí

Avalie a matéria:
FMS: Atendimento é mantido durante interdição do Hospital do Buenos Aires | Divulgação

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou que tomou as providências necessárias para manter o atendimento aos pacientes em outros hospitais e maternidades, devido à interdição ética no Hospital do Buenos Aires, zona Norte de Teresina, pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), na manhã desta quinta-feira (01).

Os pacientes estão sendo direcionados para três hospitais da zona Norte, o Hospital Ozeas Sampaio, bairro Matadouro; Hospital da Primavera e Hospital Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi.

Atendimento é mantido durante interdição do Hospital do Buenos Aires (Foto: Reprodução)Os atendimentos às gestantes, a orientação é que as pacientes sejam direcionadas à outras maternidades da cidade. O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, explica sobre os procedimentos nessa situação.

Leia Mais

“Como a rede de saúde pública municipal tem vários hospitais, nesse momento os demais hospitais da região Norte estão recebendo os pacientes e já providenciamos reforço na equipe de profissionais para garantir a prestação dos serviços. Quanto às demais demandas já estamos providenciando para que o Hospital do Buenos Aires retorne as atividades o mais breve possível”, declara

Atendimento é mantido durante interdição do Hospital do Buenos Aires (Foto: Reprodução)

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES