Homem morre após ser atacado por dois pitbulls em Santa Catarina

A Polícia Civil informou que a vítima estava prestando serviço na residência vizinha no momento do ataque

Avalie a matéria:
O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a ocorrência | CBMSC/Divulgação

Na tarde desta segunda-feira (3), um homem identificado como Juliano Barcellos da Rosa, de 39 anos, morreu após ser atacado por dois cães da raça pit bull em Criciúma, no sul de Santa Catarina. As informações foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros Militar da cidade. Os cães foram sacrificados para garantir a segurança dos socorristas.

Dinâmica do socorro

Os bombeiros foram acionados às 15h40 para o bairro Jardim Montevideo. Quando chegaram, encontraram o homem sendo atacado pelos cães no terreno de uma casa. Foi necessário aguardar a chegada da Polícia Militar, que abateu os cães. Quando os bombeiros puderam entrar no terreno, o homem já estava sem sinais vitais.

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil informou que a vítima estava prestando serviço na residência vizinha no momento do ataque. O proprietário da casa onde os cães estavam não se encontrava no local durante o incidente. A mãe do dono da casa tentou ajudar a vítima, mas não conseguiu.

Outra hipótese investigada é que o homem pode ter caído do muro ao tentar fugir dos cães. A Polícia Civil instaurou um inquérito para investigar o caso e já intimou testemunhas para prestar depoimento. A criação, comercialização e circulação de cães da raça pit bull é proibida em Santa Catari.

Juliano Barcellos da Rosa, 39 anos (Foto: Reprodução)



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES