Milei reivindica soberania sobre Malvinas durante homenagem aos veteranos da guerra

Disputa histórica entre Argentina e Reino Unido sobre as ilhas Malvinas ainda gera embate sobre soberania do território

Javier Milei durante solenidade de homenagem aos veteranos da Guerra das Malvinas | Federico Rotter/NurPhoto via Getty Images
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

🎖️ O presidente argentino Javier Milei afirmou, nesta terça-feira (2), que defender a soberania argentina sobre as ilhas Malvinas é a maior homenagem aos veteranos da Guerra das Malvinas. A afirmação aconteceu durante cerimônia pelos 42 anos do conflito entre Argentina e Reino Unido. A vice-presidente, Victoria Villarruel, filha de um ex-combatente da guerra, também estava na cerimônia de homenagem.

🗣️ O que disse Milei: Milei, que realizou o primeiro tributo aos veteranos da guerra em seu governo, reforçou seu compromisso em trazer as Malvinas de volta para a Argentina, destacando a importância de um país protagonista no comércio internacional e com forças armadas preparadas. Segundo Milei, para que o país seja respeitado, é preciso que seja protagonista no comércio internacional e tenha um exército preparado para proteger sua soberania.

Maldivas de volta à ArgentinaO presidente ultraliberal já havia dito que as ilhas Malvinas deveriam passar para a Argentina e voltou a afirmar que vai “iniciar uma rota clara para que as Malvinas voltem a ser argentinas”. Sem citar nominalmente os governos anteriores, ele disse que muitos políticos “bateram no peito clamando pela soberania das ilhas, mas sem nenhum resultado”.

🛡️ Polêmica com os veteranos: Na ocasião, o líder argentino  também convocou “uma nova era de reconciliação da sociedade com as Forças Armadas, dando a elas o reconhecimento e o apoio que merecem”. A declaração ocorre em meio à campanha dos veteranos das Malvinas e filhos de combatentes para manter as pensões concedidas pelo governo, apesar dos cortes de gastos públicos promovidos por Milei.

Entenda o conflito: As ilhas Malvinas, também conhecidas como Falklands, têm sido alvo de disputa entre a Argentina e o Reino Unido por séculos. A Argentina alega que perdeu a soberania das ilhas de forma ilegal em 1833, enquanto o Reino Unido afirma uma reivindicação anterior, datada de 1765. Em 1982, a Argentina invadiu as ilhas, desencadeando uma guerra de dois meses, na qual o Reino Unido emergiu vitorioso. Após um plebiscito em 2013, os moradores das Malvinas optaram por permanecer como um território ultramarino do Reino Unido.

Com informações do g1



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES