Motoristas e cobradores de ônibus queimam pneus em frente ao Setut

Pelo terceiro dia seguido, usuários do transporte público de Teresina não tiveram acesso ao serviço de mobilidade urbana da cidade.

Avalie a matéria:
Cobradores e motoristas de ônibus queimam pneus em frente à sede do Setut | Divulgação

A greve dos motoristas e cobradores de ônibus entrou no terceiro dia nesta quarta-feira (15) em Teresina. Iniciada na segunda (13), os trabalhadores protestam pelo pagamento do reajuste salarial da categoria. Participantes do movimento chegaram a atear fogo em pneus em frente à sede do Sindicato das Empresas do Transporte (Setut).

Pelo terceiro dia seguido, usuários do transporte público de Teresina não tiveram acesso ao serviço de mobilidade urbana da cidade. O Tribunal Regional do Trabalho do Piauí (TRT-PI) determinou a circulação de 100% da frota nos horários de pico, como no início da manhã, e 80% nos demais horários. A medida, no entanto, não está sendo cumprida. Usuários relataram à Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) sobre a falta do transporte público nos horários de pico.

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário (Sintetro), a falta de transporte nas ruas se deve à ação dos próprios trabalhadores que decidiram permanecer de braços cruzados em protesto contra a falta de acordo sobre o reajuste dos salários.

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, motoristas e cobradores usaram ônibus para bloquear a Avenida Marechal Castelo Branco, no trecho em frente à Câmara Municipal de Teresina e à Assembleia Legislativa do Piauí.

Cobradores e motoristas de ônibus queimam pneus em frente ao Setut 

O tráfego na região foi afetado e uma longa fila de veículos se formou por volta das 8h. Após cerca de 20 minutos, a via foi liberada e os manifestantes foram até a Prefeitura de Teresina, no Centro da cidade, por volta das 11h. 

Após um discurso do presidente do Sintetro, Antônio Cardoso, motoristas e cobradores seguiram pela Avenida Maranhão, onde fica a sede do Sindicato das Empresas do Transporte (Setut). Eles atearam fogo em pneus e fecharam as duas vias da avenida.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES