Piauí é 1° lugar do NE em investimento Público em Ciência e Tecnologia

Em números, o Piauí possui 0,069 pontos no ranking de 2022, enquanto São Paulo tem 1,000

Avalie a matéria:
Piauí é 1° lugar do NE em investimento Público em Ciência e Tecnologia | Ascom

Em pesquisa divulgada pelo Índice FIEC de Inovação dos Estados 2022, o Piauí alcançou resultado positivo no setor de investimento Público em Ciência e Tecnologia. O Índice reflete o papel do poder público como financiador de investimentos em inovação ao criar ambiente propício aos negócios. Em âmbito nacional, o Piauí ocupa o quarto lugar no setor de Ciência e Tecnologia ficando atrás somente dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo

Em números, o Piauí possui 0,069 pontos no ranking de 2022, enquanto São Paulo tem 1,000. O presidente do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (CIEPI), Federico Musso, comemora o resultado e reforça que a indústria piauiense tem feito parcerias de inovação com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI) e buscado investimentos no setor para mais avanços. 

Piauí é 1° lugar do NE em investimento Público em Ciência e Tecnologia - Foto: Ascom

"Um importante resultado e destaque para o Piauí nesse índice divulgado e sei da capacidade que o estado possui para alcançar maiores resultados. Temos uma parceria já consolidada com o IFPI afim de investir em inovação e oportunizar que mestrandos trabalhem em nossas indústrias para que o setor se desenvolva", disse.

Outro índice divulgado pela FIEC aponta que o Piauí está em 8° lugar do Nordeste no índice de Inovação, o que sugere a relevância de um olhar mais atencioso para o Estado no objetivo de melhorar os investimentos e apoio aos negócios. O top 5 dos estados brasileiros no ranking de inovação é composto por São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Nesse parâmetro, o Piauí ocupa a 25° colocação.

"Reforço aqui a importância de que o Estado possa cada vez mais apoiar ações de inovação, ciência e tecnologia das indústrias piauienses e assim obtermos novos destaques a nível nacional. Temos unido esforços no setor empresarial e utilizando estratégias de inovação, tecnologia e mercado para aquecermos os negócios e termos um 2023 positivo e de desenvolvimento", conclui o presidente do CIEPI, Federico Musso.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES