Piauí investe R$ 45 milhões em rede de rádio digital para policiais

A primeira etapa consiste na instalação de estações no Norte do estado, precisamente entre os municípios de Demerval Lobão e Cajueiro da Praia.

Avalie a matéria:
|

Secretário de Segurança Pública do Piauí, Chico Lucas anunciou nesta segunda-feira (27) que foi assinado um contrato com a Motorola Solutions para implantação de Estações de Rádio Base (ERB) em todo o território piauiense. Na estreia do “Crime e Castigo”, novo programa matinal de jornalismo policial da TV da Rádio Jornal MN, no ar pelo canal 20.1 e 90.3 FM, o secretário falou que a nova tecnologia da área de segurança terá investimento de R$ 45 milhões do tesouro estadual.

O sistema vai atender a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), permitindo a comunicação entre as equipes policiais e de atendimento médico até mesmo em locais em que as redes de telefonia não chegam. 

Chico Lucas, na estreia do programa Crime e Castigo (Foto: Raissa Morais)

A primeira etapa consiste na instalação de Estações de Rádio Base no Norte do estado, precisamente entre os municípios de Demerval Lobão e Cajueiro da Praia. Apenas em Teresina e Parnaíba, na região metropolitana, o governador Rafael Fonteles (PT) ordenou a aplicação de R$ 26 milhões no sistema digital dessas cidades.

“Os rádios são muito cobrados na área da segurança. A rede vai servir a todos, da segurança ao Samu, e vamos colocar antenas nas estações de rádio base e interligar esses serviços. O prazo para a entrega de equipamentos ficou em 150 dias, mas foi solicitado um plano emergencial para atender pelo menos Teresina e Parnaíba mais cedo, já que podemos utilizar estruturas de antenas que já existem, como antenas da rádio e TV da Antares”, explicou o secretário Chico Lucas.

Renato Montanha, Eli Lopes e Chico Lucas (Foto: Raissa Morais)

No ano de 2018, a Associação dos Oficiais Militares do Estado do Piauí (Amepi) denunciou a falta de rádios comunicadores de viaturas e precariedade dos equipamentos. Segundo relatos de agentes, policiais estavam recorrendo ao uso de celulares particulares. O secretário afirma que essa prática acaba interferindo na qualidade da prestação da segurança, sobretudo em razão da falta de cobertura de sinal telefônico em alguns pontos do Piauí.

A ampliação da comunicação vai facilitar o trabalho das equipes que estão atuando em situações mais delicadas ou que demandem um grande efetivo policial, mencionou Chico Lucas. 

“Nos próximos seis meses, no estado do Piauí terá uma Policia Militar equipada com rádio. Em Teresina, teremos a implantação ainda este semestre. A segurança é como se fosse um corpo, precisamos de comunicação e estamos estruturando cada parte dessa figura. Não adianta ter comunicação precária pelo celular, vamos ter GPS e saber até mesmo o posicionamento de viatura”, falou.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES