Piauí tem a maior cobertura vacinal contra influenza do Brasil

Atualmente, o estado possui 54,6% da população alvo da campanha vacinada. A campanha contra a Influenza foi prorrogada até 24 de junho

Avalie a matéria:
vacina | reprodução

O Piauí tem a maior cobertura vacinal para influenza do Brasil. Atualmente, o estado possui 54,6% da população alvo da campanha vacinada, ficando empatado tecnicamente com Minas Gerais, com 54,6%, de acordo com os dados do LocalizaSUS do Ministério da Saúde. A meta preconizada pelo Programa Nacional de Imunizações é atingir pelo menos 90% desse público. 

Piauí tem a mair cobertura vacinal contra influenza do Brasil

De acordo com coordenadora de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde, Kássia Barros, embora o Piauí tenha um percentual para influenza maior que a cobertura geral, a adesão às campanhas de vacinação continuam baixas,a meta é atingir 90% do público alvo. 

“Reforçamos a necessidade para a adesão da população nas campanhas contra a influenza. Além de completar os esquemas de vacinação da covid-19, em especial as doses de reforço, visto que estamos entrando em um período de maior incidência das doenças respiratórias”, pontua.

Neris Júnior, secretário de Estado da Saúde do Piauí - Foto: Divulgação

O secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior, destaca que essa é uma marca muito boa, e que os indicadores não apontam um aumento dos casos de Influenza no território do Piauí, mas chama a atenção da população elegível para que continuem buscando tomarem seus imunizantes. “Nós sabemos da importância de todas as vacinas para nos mantermos protegidos e chamamos o público-alvo das campanhas contra a Influenza, para procurarem os postos de saúde de seus municípios e tomem suas vacinas”, reforça o gestor.

campanha contra a Influenza foi prorrogada até 24 de junho, e, é destinada aos seguintes públicos: crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento e Forças Armadas; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

“É essencial que a população contemplada busque os pontos de vacinação e que os pais levem seus filhos. A vacina é a forma mais eficaz para evitar casos graves e por isso é tão importante ampliar a cobertura vacinal”, lembra o secretário.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES