Piauiense no Cairo diz que sentiu terremoto que matou milhares na Turquia

O tremor, de magnitude 7.8 foi sentido em algumas partes do Cairo, capital do Egito.

Avalie a matéria:
Destruição na Turquia | Reprodução

O terremoto que atingiu a região central da Turquia, perto da fronteira com a Síria, nesta segunda-feira (6), deixou um rastro de destruição. Até o momento, as autoridades dos dois países avaliam que mais de 3,6 mil pessoas morreram e milhares de pessoas continuam desaparecidas. 

O tremor, de magnitude 7.8 foi seguido por mais de 60 réplicas, 40 só nas primeiras 12 horas, e sentido em algumas partes do Cairo, capital do Egito. A piauiense Maria de Jesus Passos está no país em um intercâmbio e relatou em suas redes sociais o susto com os últimos acontecimentos.

Turquia foi o epicentro do terremoto que também atingiu Síria e foi sentido em outros países próximos | FOTO: Reprodução

"Aconteceu de madrugada aqui no Cairo. Ouvi o barulho da janela, como se alguém tivesse batendo com muita força. Levantei e fiquei olhando para a janela, pensei que poderia ser um vento muito forte, mas não me toquei que poderia ser um terremoto. Quando acordei mesmo, abri o Google e comecei a pesquisar sobre terremoto em Cairo. No Instagram, os atores que sigo estavam colocando número de emergência, pedindo para que as pessoas rezassem. Foi quando vi que aconteceu na Turquia", relatou a jovem, em entrevista ao Meionorte.com.  

Maria de Jesus Passos é piauiense está no Cairo | FOTO: Arquivo pessoal

Diante das notícias que começaram a chegar no Brasil no início da manhã, Maria de Jesus conta que a família e amigos ficaram bastante apreensivos. 

"Minha família pediu para mandar mensagem para saber se estava tudo bem. Aqui em Cairo, as pessoas não estão muito falando sobre isso, pois algumas pessoas sentiram outras não. Mesmo sendo considerado perto para a gente, que mora no Brasil, para eles é longe. A distância de Kahramanmaraş (o epicentro) para o Cairo é quase a mesma de Teresina para Brasília", explicou.

Terremoto causou destruição na Turquia | FOTO: Reprodução/Redes Sociais

Maria de Jesus Passos tranquiliza os familiares e amigos, mas pede orações para os países afetados.  

"Não houve alerta nem nada, para eles isso é comum. Para nós não. Fiquei muito preocupada de manhã. Agora à tarde [manhã no Brasil] já teve outro [terremoto], mas o epicentro não foi perto, então estou mais aliviada. Só peço que rezem pelo povo desses países.", completou a piauiense.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES