Taiwan busca sobreviventes após forte terremoto matar 9 e ferir 900

Mais de 900 pessoas ficaram feridas, algumas delas presas em edifícios e túneis ao redor da cidade

Taiwan busca sobreviventes após forte terremoto matar 9 e ferir 900 | Foto: TVBS via BBC
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

Equipes de resgate estão em uma corrida contra o tempo para socorrer as vítimas do terremoto que atingiu a costa leste de Taiwan nesta quarta-feira (3), resultando em pelo menos nove mortes. Com uma magnitude de 7,4, o tremor causou o desabamento de múltiplos prédios em Hualien, a cidade mais próxima do epicentro. 

VÁRIAS PESSOAS PRESAS EM EDIFÍCIOS: Mais de 900 pessoas ficaram feridas, enquanto as equipes de resgate se esforçam para salvar cerca de 77 indivíduos "presos" em edifícios e túneis desabados nas proximidades da cidade. Este é o terremoto mais intenso que o país asiático enfrentou em 25 anos. "O terremoto ocorreu  próximo da superfície, a pouca profundidade. Foi sentido em todo Taiwan, e nas ilhas costeiras... É o mais forte em 25 anos", disse Wu Chien Fu, diretor do Centro de Sismologia de Taipei. 

REGIÃO MONTANHOSA: Em setembro de 1999, um terremoto de magnitude 7,6 devastou Taiwan, resultando na morte de 2,4 mil pessoas e na destruição de 5 mil edifícios. Hualien, situada a 18 quilômetros do epicentro do terremoto, encontra-se na costa leste de Taiwan, em uma extensa região montanhosa. 

POPULAÇÃO DE 300 MIL HABITANTES: Com uma população de aproximadamente 300 mil habitantes, a cidade está situada próxima ao Parque Nacional Taroko, um destino turístico renomado. Durante uma das trilhas ao redor do parque, cinco vítimas foram registradas - três caminhantes e dois motoristas - que perderam suas vidas devido a um deslizamento de pedras. 

ALERTA DE TSUNAMI BAIXOU DE NÍVEL: As autoridades de Taiwan emitiram um alerta de tsunami para as regiões costeiras da ilha, assim como o Japão, seu país vizinho, onde as autoridades anunciaram a expectativa de ondas de até 3 metros na costa sudoeste. Posteriormente, a agência meteorológica do Japão rebaixou o alerta, mas enfatizou aos moradores a importância de permanecerem "vigilantes para tremores secundários com intensidade semelhante" por aproximadamente uma semana. 



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES