Teresina está com 81% da base de famílias com CadÚnico atualizado

Os dados correspondem a referência de novembro/2022, que são as últimas informações disponibilizadas pelo Governo Federal

Avalie a matéria:
Teresina está com 81% da base de famílias com CadÚnico atualizado | Ascom

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) informou, na manhã desta terça-feira (3), que Teresina possui 175.722 famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico). Dessas, 142.162 realizaram a última atualização nos últimos 24 meses. Isso representa que 81% das famílias inscritas no CadÚnico, em Teresina, estão com cadastro devidamente atualizado.

Os dados correspondem a referência de novembro/2022, que são as últimas informações disponibilizadas pelo Governo Federal, através da Consulta, Seleção e Extração de Informações do CadÚnico (CECAD).

Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, explica que o objetivo principal do CadÚnico é servir de diagnóstico socioeconômico das famílias em cada município.

“Teresina vem trabalhando na perspectiva de deixar a base de dados mais atualizada possível, porque quanto mais atualizado estiverem os cadastros, mais fidedigno vai ser a realidade que a gente tem das famílias. Teresina, atualmente, está com a base de 81% atualizada. É um percentual muito bom comparado com outros municípios. O número de famílias que necessitam atualizar, com urgência, é considerado baixo, para a gente é um avanço”, ressaltou.

Teresina está com 81% da base de famílias com CadÚnico atualizado - Foto: Ascom

Para Allan Cavalcante, a atualização na base cadastral das famílias em Teresina é reflexo do trabalho que tem sido feito nos CRAS.

“Temos buscado dar mais agilidade no processo de atualização do CadÚnico nos CRAS. Temos melhorado a estrutura física dos prédios e os equipamentos tecnológicos, em especial, os computadores. Antes, o cadastro era feito de forma manual, desde 2021, o cadastro é feito online, direto no sistema do Governo Federal. Isso tem dado uma celeridade e tem ajudado a gente a manter a nossa base atualizada. Além das ações territoriais, como os mutirões e as ações de cidadania do Teresina Cuida de Você”, pontuou o secretário da Semcaspi.

Cadastros desatualizados

De acordo com o banco de dados do CadÚnico, Teresina possui um total de 33.560 famílias com cadastros desatualizados. No entanto, em 2022, o Governo Federal convocou apenas as famílias que estão no processo de Revisão Cadastral, ou seja, aquelas que estão com dados desatualizados entre os anos 2016 e 2017, o que representa 6.399 cadastros em Teresina.

O secretário Allan Cavalcante ressalta que essas famílias deverão buscar os CRAS para realizar a atualização dos dados até o dia 10 de fevereiro deste ano, a fim de evitar o bloqueio do benefício do Programa Auxílio Brasil (PAB) e até o dia 14 de abril deste ano, para evitar o cancelamento.

“É importante destacar que a gestão municipal poderá realizar a reversão desse cancelamento até o prazo de 180 dias, desde que a família esteja no perfil de elegibilidade para o Programa”, frisou o secretário.

Demanda espontânea

Com a pandemia da Covid-19, o atendimento nos 19 CRAS de Teresina aconteceu por meio de agendamento das famílias. Este ano, as unidades de CRAS já iniciaram o atendimento por demanda espontânea. Para o atendimento, o (a) responsável pela família deve levar a seguinte documentação exigida:

– Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o Título de Eleitor;

– Documentação de identificação dos demais membros da família, como: certidão de nascimento, certidão de casamento, CPF, carteira de identidade (RG), carteira de trabalho ou título de eleitor;

– Comprovante de endereço atualizado com CEP, de preferência o talão de energia elétrica;

– Comprovante de matrícula escolar/Declaração da Escola com INEP atualizado no prazo de 30 dias, das crianças e jovens de 06 a 21 anos.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES