Teresina terá missa para pedir paz entre Rússia e Ucrânia; veja local

Arquidiocese realiza missa pela consagração da Rússia e Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria

Avalie a matéria:
Dom Jacinto Brito pede que Igreja de Teresina se una em oração ao Papa Francisco | div

Nesta sexta-feira, dia 25 de março, bispos, sacerdotes e religiosos do mundo inteiro se unem ao Papa Francisco, em oração, pela consagração e entrega da Rússia e Ucrânia ao Imaculado Coração de Maria. Na Arquidiocese de Teresina, Dom Jacinto Brito presidirá Celebração Eucarística, às 18h, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, forania Leste.

O Ato de Consagração será realizado na Basílica de São Pedro, no Vaticano, às 17h (e 13h no horário do Brasília), durante a Celebração da Penitência, e vai atender a um pedido feito por Nossa Senhora em aparição em 13 de julho de 1917, na cidade de Fátima.

Dom Jacinto Brito pede que Igreja de Teresina se una em oração ao Papa Francisco

O Arcebispo de Teresina, Dom Jacinto Brito, enviou comunicado na quarta-feira (23), direcionado aos Padres, Diáconos, Ministros da Palavra e todas as Comunidades Eclesiais da Arquidiocese, convocando todos os fiéis para que se unam ao Santo Padre durante esse momento de oração que é uma busca pela paz e também representa um gesto de coragem, de confiança e de fé da Igreja. O comunicado, juntamente com o texto oficial da oração de consagração, podem ser conferidos no site.

“É um momento extraordinário, um momento significativo na vida da nossa Igreja e na vida do mundo. Que nesta data possamos nos unir, irmãos e irmãs, ao coração do sucessor de Pedro, o nosso Papa Francisco, para pedir junto a ele, que Maria, como Rainha da Paz, traga paz para todo o mundo. Em Teresina, todas as paróquias, todas as igrejas são convidadas a se unir em oração a esse ato de consagração às 18h, para não coincidir com esse ato que o Papa está fazendo no Vaticano, porque muitas pessoas desejam acompanhar também”, pediu Dom Jacinto Brito.

Atos de Consagração ao Imaculado Coração de Maria

Em uma aparição em 13 de julho de 1917, na cidade de Fátima, em Portugal, Nossa Senhora pediu a consagração da Rússia ao seu Imaculado Coração, afirmando que se esse pedido não fosse atendido a Rússia espalharia seus erros pelo mundo promovendo guerra, destruição de nações e perseguições à Igreja.

Depois das aparições, houve vários atos de consagração ao Imaculado Coração de Maria. O Papa Pio XII, no dia 31 de outubro de 1942, realizou a consagração do mundo inteiro, e em 07 de julho de 1952 consagrou os povos da Rússia em sua carta apostólica “Sacro Vergente Anno”.

O Papa Paulo VI, em 21 de novembro de 1964, renovou a consagração da Rússia ao Imaculado Coração na presença dos padres durante o Concílio Vaticano II. O Papa João Paulo II compôs uma oração que foi definida como ato de entrega a ser celebrado na Basílica de Santa Maria Maior, no dia 07 de junho de 1981, durante a solenidade de Pentecostes.

Em 13 de maio de 1982, São João Paulo II convidou os bispos do mundo a se unirem a ele para consagrar o mundo e, com ele, a Rússia ao Imaculado Coração. E em outubro de 1983, durante o Sínodo dos Bispos, São João Paulo II renovou a consagração de 1982. Já no dia 25 de março de 1984, na Praça de São Pedro, em união espiritual com todos os bispos do mundo, São João Paulo II confiou todos os povos ao Imaculado Coração de Maria. E no dia 13 de outubro de 2013, o Papa Francisco consagrou o mundo ao Imaculado Coração.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES