Termina hoje (06) o prazo para a regularização do título eleitoral

Se irregular, o título pode causar complicações a outros documentos.

Avalie a matéria:
| José Alves Filho/Jornal Meio Norte

Para quem não votou nas últimas três eleições e não justificou ausência para Justiça Eleitoral, o prazo para regularizar o título acaba hoje (06). Se irregular, o título pode causar complicações a outros documentos.  De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), mais de 18 mil eleitores estão com o título cancelado no estado. Só em Teresina, cerca de 7 mil eleitores estão com essa pendência.

Os eleitores que estiverem em débito com a Justiça Eleitoral e não forem até o cartório eleitoral para regularizar a situação podem ter os títulos cancelados. Edilson Rodrigues, do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) falou que "estatística que tivemos foi de mais de 18 mil eleitores com o tituo cancelado no estado. Só em Teresina, cerca de 7 mil eleitores estão com essa pendência. A partir de amanhã quem não regularizar terá o titulo totalmente cancelado. Para voltar ao normal, o eleitor precisa aguardar a reativação das inscrições e pagar todas as multas ."

Por conta do sistema que ficou fora do ar na manhã de hoje, os eleitores que deixaram de votar apenas nas duas últimas eleições podem voltar outro dia. Já  para aquelas pessoas que estão com ou mais de três eleições sem votar e que não desejam ter o titulo de eleitor cancelado devem regularizar sua situação o quanto antes. 

Movimentação intensa nos cartórios hoje pela manhã. José Alves Filho/Jornal Meio Norte

É possível conferir a situação do título de eleitor, e se é preciso regularizar a situação, no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O eleitor que estiver irregular deve comparecer a um cartório eleitoral com um documento oficial com foto e comprovante de residência. Segundo o TRE-PI, é recomendável levar o título de eleitor, também.

É preciso também pagar uma multa de R$ 3,50 por cada turno que deixou de votar. Os eleitores que tiverem o título cancelado não podem, entre outras coisas, obter passaporte ou carteira de identidade, fazer declaração de imposto de renda ou se inscrever em concurso público.

O TSE vai informar os eleitores que terão os documentos cancelados no dia 24 de maio.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES