Tremor de terra é registrado na cidade de Itapecuru-Mirim, no Maranhão

Governo do Estado informou que situação não apresentou riscos à população, devido a intensidade fraca

Avalie a matéria:
igreja | reprodução

Um tremor de terra foi sentido, na noite do último sábado (18), por volta das 22h30, em Itapecuru-Mirim, no Maranhão. De acordo com a Defesa Civil do Estado, a atividade não apresentou riscos à população do município,devido a intensidade fraca.

Tremor de terra é registrado na cidade de Itapecuru-Mirim, no Maranhão

Em nota, o Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA) informou que o abalo foi registrado pelo laboratório sismográfico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis UFRN). O fenômeno também foi registrado nos estados de São Paulo e na Bahia.

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), informou que a atividade sísmica foi, provavelmente, uma ressonância do tremor de terra ocorrido no Equador. O tremor de magnitude 6,8, foi registrado no sábado e deixou, ao menos 13 pessoas mortas e 120 feridas.

O Corpo de Bombeiros explicou que, o evento sísmico ocorrido no Equador, têm o potencial de gerar uma desorganização na litosfera (camada sólida da terra), podendo reverberar seus efeitos em outras cidades, principalmente, aquelas localizadas na placa tectônica Sul-Americana, onde o terremoto aconteceu e é o caso do município maranhense.

Equipes da Defesa Civil informaram que seguem acompanhando a situação.

Outro tremor

Esta não é a primeira vez que Itapecuru-Mirim sente tremores de terra. Em 2020, um abalo sísmico de magnitude 4,0 foi registrado na cidade maranhense, que tem pouco mais de 68 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na época, o Observatório Sismológico, que opera as estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR), informou que o tremor teve o epicentro a aproximadamente 10 km do município.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES