Amor e cidadania: 170 casais oficializam união em cerimônia na Ponte Estaiada

O evento oficializa a união de casais em situação de estabilidade, garantindo direitos e proteção.

Avalie a matéria:
Casal celebrando cerimônia de casamento | Luis Tosta na Unsplash
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

A capital piauiense, Teresina, será palco de um momento especial nesta sexta-feira (17): a realização de um casamento comunitário com 170 casais. A iniciativa, promovida pela Justiça Itinerante em parceria com a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), terá lugar no estacionamento do Complexo da Ponte Estaiada João Isidoro França, às 9h da manhã.

VANTAGENS: 

Mais do que uma simples cerimônia, o evento representa a concretização do sonho de muitos casais que vivem em união estável, mas ainda não oficializaram sua relação. A ação busca regularizar a situação civil desses casais, garantindo-lhes acesso a direitos e benefícios importantes, como: 

  • Influenciar a formação de famílias, garantindo sua proteção;
  • Ampliar os direitos patrimoniais, sucessórios e previdenciários através da promoção da cidadania. 

Segundo a superintendente da Justiça Itinerante, Vanessa Brandão, a iniciativa visa levar cidadania a todos os casais assistidos, de forma gratuita e simplificada.

“Os casamentos comunitários são símbolos poderosos da união e apoio mútuo dentro de uma comunidade, ao regularizar e fortalecer os laços sociais. Além disso, estes eventos celebram não apenas o amor de uma nova família, mas também, ajudam a promover a estabilidade e a proteção legal dos direitos conjugais na sociedade”, explica a superintendente da Justiça Itinerante, Vanessa Brandão.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES