Codevasf instalará 233 banheiros secos em 10 municípios piauienses

Prefeitos e técnicos da companhia se reúnem, nesta sexta (22), na Feira dos Municípios, para apresentação do módulo sanitário de desidratação

Avalie a matéria:
Codevasf instalará 233 banheiros secos em 10 municípios do Piauí | Codevasf

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e prefeituras piauienses assinam, nesta sexta (22), durante a Feira dos Municípios, Termo de Responsabilidade que viabiliza a instalação de 233 módulos sanitários de desidratação destinados às famílias carentes em 10 cidades do semiárido piauiense. Conhecido como banheiro seco, a nova tecnologia dispensa o uso de energia elétrica e de água para remoção dos dejetos em localidades sem acesso a saneamento. 

Por meio da 7ª Superintendência Regional da Codevasf, no Piauí, serão distribuídos 233 banheiros secos nas seguintes cidades: Aroeiras do Itaim, Belém do Piauí, Caridade do Piauí, Curral Novo do Piauí, Francisco Macedo, Jacobina do Piauí, São João da Canabrava, São José do Piauí, Santana do Piauí e Sussuapara. Ao todo, os investimentos são da ordem de R$ 2,9 milhões, recursos oriundos do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional.

Codevasf instalará 233 banheiros secos em 10 municípios piauienses / Foto - Codevasf

Estarão presentes no encontro, que inicia às 17h30, no Centro de Convenções de Teresina, o superintendente Regional da Codevasf, Marcelo Castro Filho; representantes da empresa Fortlev, responsável pela instalação dos módulos sanitários por desidratação; e prefeitos dos municípios contemplados, além de técnicos e membros das secretarias municipais de saúde, órgãos responsáveis pela seleção e cadastramento das famílias beneficiárias. 

A escolha dos núcleos familiares beneficiados com o módulo sanitário segue critérios de priorização dos municípios, de acordo com a localização no semiárido, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e o déficit de banheiros em domicílios rurais, o que precariza a realização das necessidades fisiológicas por parte destas famílias.

O superintendente da Codevasf, no Piauí, destaca a parceria com as prefeituras e explica a importância da tecnologia de banheiros secos com tratamento por desidratação para as localidades sem acesso à água. “O poder municipal é parceiro da Codevasf nas fases de seleção e de capacitação das famílias beneficiadas, que acontece com o apoio dos agentes comunitários dentro dos critérios estabelecidos. Logo após, a empresa vai às localidades instalar os aparelhos. Estas pessoas, que antes não tinham banheiro em casa, não precisam mais descartar dejetos em locais inadequados. Higiene também é saúde e qualidade de vida”, disse Marcelo Filho.

Tecnologia alternativa 

O módulo sanitário de desidratação ou banheiro seco é uma solução sanitária não conectada à rede de esgoto e dispensa o uso de energia elétrica e de água para remoção de dejetos. O equipamento não requer instalações hidráulicas, necessitando apenas de incidência solar e ventilação natural para que ocorra o tratamento de resíduos.

O funcionamento do módulo é por meio de receptáculo em sistema carrossel e uma janela que propicia a desidratação e a redução do volume em 90% dos resíduos fecais. O descarte do resíduo fecal pode ser feito de 2 a 4 meses pelo próprio usuário em vala rasa, bastando o usuário abrir a janela que fica fixada por meio de borboletas rosqueada na base do módulo. O tratamento da urina é por infiltração no solo.

Além do fornecimento e instalação dos módulos, a ação também contempla mobilização social, capacitação dos beneficiários e monitoramento para garantir o uso correto e melhor aceitação por parte dos beneficiários.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES