Conselhos Tutelares: Urnas Eletrônicas já estão sendo configuradas pelo TRE-PI

A Justiça Eleitoral não coordena nem organiza o processo de votação para a escolha dos membros dos conselhos tutelares

Avalie a matéria:
Conselhos Tutelares: Urnas Eletrônicas já estão sendo configuradas pelo TRE-PI | Ascom

As 1.742 urnas eletrônicas de seção e as 490 urnas eletrônicas de contingência, pertencentes ao Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), e que serão emprestadas para serem utilizadas nas Eleições Unificadas dos Conselhos Tutelares do Estado do Piauí, marcadas para o dia 1º de outubro de 2023, já estão sendo configuradas pela Secretaria de Tecnologia da Informação – STI/TRE-PI.

Para esse pleito especial, conhecido como Eleição Parametrizada, serão utilizadas urnas eletrônicas de diversos modelos, de 2010 até a versão 2020, a mais recente do equipamento. Nessa fase de configuração, estão sendo instalados o sistema operacional, os programas usados para inicialização e operação dos diversos sistemas das urnas e as bibliotecas digitais com os dados relativos aos procedimentos eleitorais. Após a conclusão dessa etapa são realizados diversos testes para comprovar o correto funcionamento da urna.

Além disso, também é feito um procedimento de Auditoria preliminar e, posteriormente, após a carga oficial das urnas com os dados de candidatas(os) e eleitoras(es), o procedimento de auditoria volta a ser realizado, para comprovar a correta implantação nas urnas, das informações de todas as candidaturas e das/dos votantes. Para essa Eleição dos Conselhos, as/os eleitores(as) serão identificados através de um documento oficial com foto. A biometria não será utilizada. O transporte e a distribuição das Urnas Eletrônicas aos locais de votação são de inteira responsabilidade das comissões eleitorais, não cabendo nenhum custo ao TRE.

Conforme a Resolução TSE nº 23.719/2023 e Portaria TRE-PI nº 145/2023, o papel do TRE-PI nas Eleições dos Conselhos Tutelares é apoiar o pleito através do empréstimo e da preparação das urnas eletrônicas; dos sistemas de votação e das mídias; o suporte técnico ao voto informatizado; e o treinamento dos membros das mesas receptoras de votos (mesárias(os) e da equipe de suporte local. A preparação das urnas eletrônicas com a inserção dos arquivos de dados para a votação bem como o suporte técnico especializado são realizados por servidoras ou servidores da Seção de Voto Informatizado - SEVIN/TRE-PI.

A Justiça Eleitoral não coordena nem organiza o processo de votação para a escolha dos membros dos conselhos tutelares. Esse trabalho, desde o registro de candidatas(os) até a proclamação dos resultados é de responsabilidade das comissões especiais designadas pelos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de cada cidade, nos termos do artigo 11 da Resolução Conanda nº 231. A totalização dos resultados também caberá às comissões especiais.

(Com informações do TRE-PI)



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Veja Também
Tópicos
SEÇÕES