Menor suspeito de envolvimento na morte de motorista de aplicativo é apreendido

Ao MeioNorte.com, o delegado Danúbio Dias informou que houve uma negociação com o advogado do adolescente para que ele fosse apresentado

Avalie a matéria:
Sede do DHPP/Motorista de aplicativo, Marcos Venício | Reprodução

Na manhã desta terça-feira (26), o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) apreendeu o adolescente suspeito de participação no assalto que terminou com a morte do motorista de aplicativo, Marcos Venício Cordeiro Filho, de 24 anos, no dia 10 de dezembro, no bairro Lourival Parente, zona sul de Teresina.

A apreensão foi realizada na sede do DHPP, após o menor ser apresentado pelo seu advogado. Já havia um mandado de busca e apreensão contra o adolescente e já estava em andamento a negociação para a sua apresentação.

Ao MeioNorte.com, o delegado Danúbio Dias informou que houve uma negociação com o advogado do adolescente para que ele fosse apresentado.

"Nós negociamos com o advogado do adolescente e no dia de hoje ele foi apresentado aqui na sede do DHPP, onde acabou sendo apreendido", disse o delegado.

Com relação à Luan Matheus, apontado pela polícia, como sendo a pessoa que efetuou o disparo de arma de fogo contra Marcos Venício, Danúbio disse que foi realizado buscas na casa do suspeito, mas que ele conseguiu fugir, e desde então está sendo procurado pela polícia.

Foram disponibilizados canais de comunicação, através do número 181, da Polícia Civil, para que a população possa realizar denúncias anônimas a respeito do paradeiro de Luan Matheus. Também estão disponíveis o número 3211-6682 do DHPP e o link do site da Polícia Civil.

SOBRE O CRIME

O jovem Marcos Venício Cordeiro Silva Filho foi assassinado na madrugada do dia 10 de dezembro, no bairro Lourival Parente, em Teresina. Ele estava deixando o namorado em casa, quando dois criminosos fizeram a abordagem e após uma discussão, um dos suspeitos efetuou um disparo que atingiu Marcos.

Após o tiro, a dupla fugiu levando o carro da vítima. Marcos ainda foi socorrido e levado ao Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu ao ferimento e morreu. Horas após o crime, o veículo do motorista de aplicativo foi encontrado incendiado, no bairro Santo Antônio, zona sul.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES