Pediatra piauiense morre aos 34 anos por dengue e pneumonia em São Paulo

O pediatra Valdemir Bento Júnior atuava como nenonatologista em São Paulo e morreu por complicações da dengue e pneumonia, nessa terça-feira (04). O corpo dele virá para Teresina, para ser velado e sepultado pela família.

Avalie a matéria:
Valdemir Bento Júnior morreu por dengue, nessa terça-feira (04), em São Paulo | FOTO: Reprodução

O pediatra piauiense Valdemir Bento Júnior, de 34 anos, morreu por complicações da dengue e pneumonia, nessa terça-feira (04) em São Paulo, onde ele trabalhava como neonatologista. O corpo dele deve chegar em Teresina nesta quinta-feira (06) para ser velado e sepultado.

Segundo informações de familiares, o médico piauiense deu entrada no Hospital São Paolo, na Capital São Paulo, com quadro de pneumonia e o estado de saúde se agravou após contrair dengue. 

Ele permaneceu internado por 17 dias em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A Sociedade de Pediatria do Piauí (Sopepi) emitiu nota de pesar pela perda do profissional. 

"É com muito pesar que recebemos a notícia do falecimento de nosso colega pediatra neonatologista Valdemir Bento Júnior. Valdemir será sempre lembrado pela sua alegria contagiante e profissionalismo. Desejamos a família e amigos muita paz e acolhimentos neste momento difícil". 

O corpo do médico deve chegar em Teresina nesta quinta-feira (05). O velório deve acontecer na Pax União, na Avenida Miguel Rosa, zona sul da Capital do Piauí.

Quem era o médico Valdemir?

Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), com experiência como médico do Programa SAMU e da Estratégia de Saúde da Família - Secretaria Municipal de Saúde de Simplício Mendes, no Piauí.

Pediatra formado pelo Programa de Residência Médica do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Neonatologista formado pelo Programa de Residência Médica do Conjunto Hospitalar do Mandaqui - São Paulo. Ele possuia Certificado de Atuação na Área de Neonatologia, conferido pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

Ele foi plantonista da Unidade Neonatal do Hospital São Luiz Gonzaga - São Paulo, plantonista e coordenador de Neonatologia do Hospital Santa Ana - Santana de Parnaíba, além de Preceptor de Internato do Curso de Medicina da Faculdade das Américas (FAM), em São Paulo. Atualmente era diretor do Hospital São Luiz Gonzaga.

DENGUE NO PIAUÍ

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi),  no Piauí existem 11.242 casos prováveis de dengue, com 13 mortes confirmadas e 5 mortes em investigação.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES