Piauí: produtor tem que respeitar prazos de proibição do cultivo da soja

Sada e Adapi alertam para o início da medida fitossanitária que se inicia em 1º de julho no estado

Avalie a matéria:
Piauí: produtor tem que respeitar prazos de proibição do cultivo da soja | Reprodução

A safra de soja no estado do Piauí registrou um volume de aproximadamente 3,3 milhões de toneladas na temporada 2022/23, representando um aumento de 9,8% em relação à safra anterior, posicionando o estado como o nono maior produtor de soja do Brasil. No entanto, para garantir uma produção legal e segura, os agricultores de soja devem cumprir suas obrigações, como realizar o plantio conforme o calendário estabelecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e respeitar o período de 90 dias de vazio sanitário, durante o qual é proibido plantar e manter plantas de soja em qualquer fase de desenvolvimento em áreas específicas.

Uma das medidas fitossanitárias mais importantes para o controle da ferrugem asiática da soja, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, é a implementação do vazio sanitário. O objetivo é minimizar a presença do inóculo da doença no campo, reduzindo assim os impactos negativos durante a próxima safra. No estado do Piauí, a fiscalização do cumprimento dessas obrigações é responsabilidade da Secretaria de Assistência Técnica e Defesa Agropecuária (Sada), por meio da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi). 

Respeitando os prazos estabelecidos, o sojicultor protege a sua fazenda, melhora a gestão financeira da propriedade e ainda aumenta sua rentabilidade através de uma safra altamente produtiva. “Nosso objetivo é que o Piauí cresça cada vez mais como produtor de grãos e faremos esse incentivo ainda mais forte junto a Aprosoja Piauí, para que todos cumpram as suas obrigações e aumente sua renda, através de uma safra saudável e produtiva“, ressalta o secretário da Sada, Fábio Abreu.

Os municípios sob proibição de cultivo são divididos em três regiões, com as seguintes datas:

Região I7: 1º de setembro a 30 de novembro

Região II8: 1° de agosto a 30 de outubro

Região III9: 1° de julho a 29 de setembro

Confira os municípios que integram cada região:

Região I7: Barras, Batalha, Boa Hora, Brasileira, Cabeceiras do Piauí, Campo Largo do Piauí, Esperantina, Joaquim Pires, Joca Marques, Luzilândia, Madeiro, Matias Olímpio, Miguel Alves, Morro do Chapéu do Piauí, Nossa Senhora dos Remédios, Piripiri, Porto, São João do Arraial, Bom Princípio do Piauí, Buriti dos Lopes, Cajueiro da Praia, Caraúbas do Piauí, Caxingó, Cocal, Cocal dos Alves, Ilha Grande, Luís Correia, Murici dos Portelas, Parnaíba, Piracuruca, São João da Fronteira e São José do Divino.

Região II8: Altos, Beneditinos, Coivaras, Curralinhos, Demerval Lobão, José de Freitas, Lagoa Alegre, Lagoa do Piauí, Miguel Leão, Monsenhor Gil, Nazária, Pau d’Arco do Piauí, Teresina, União, Alto Longá, Assunção do Piauí, Boqueirão do Piauí, Buriti dos Montes, Campo Maior, Capitão de Campos, Castelo do Piauí, Cocal de Telha, Domingos Mourão, Jatobá do Piauí, Juazeiro do Piauí, Lagoa de São Francisco, Milton Brandão, Nossa Senhora de Nazaré, Novo Santo Antônio, Pedro II, São João da Serra, São Miguel do Tapuio, Sigefredo Pacheco, Agricolândia, Água Branca, Amarante, Angical do Piauí, Arraial, Barro Duro, Francisco Ayres, Hugo Napoleão, Jardim do Mulato, Lagoinha do Piauí, Olho d’Água do Piauí, Palmeirais, Passagem Franca do Piauí, Regeneração, Santo Antônio.

Região III9: Baixa Grande do Ribeiro, Ribeiro Gonçalves, Santa Filomena, Uruçuí, Antônio Almeida, Bertolínia, Colônia do Gurgueia, Eliseu Martins, Landri Sales, Manoel Emídio, Marcos Parente, Porto Alegre do Piauí, Sebastião Leal, Alvorada do Gurgueia, Barreiras do Piauí, Bom Jesus, Cristino Castro, Currais, Gilbués, Monte Alegre do Piauí, Palmeira do Piauí, Redenção do Gurgueia, Santa Luz, São Gonçalo do Gurgueia, Anísio de Abreu, Bonfim do Piauí, Brejo do Piauí, Canto do Buriti, Caracol, Coronel José Dias, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí, Guaribas, Jurema, Pajeú do Piauí, São Braz do Piauí, São Lourenço do Piauí, São Raimundo Nonato, Tamboril do Piauí, Várzea Branca, Avelino Lopes, Corrente, Cristalândia do Piauí, Curimatá, Júlio Borges, Morro Cabeça no Tempo, Parnaguá, Riacho Frio, Sebastião Barros, Acauã, Bela Vista do Piauí, Belém do Piauí, Betânia do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Campinas do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Campo Grande do Piauí, Capitão Gervásio Oliveira, Caridade do Piauí, Conceição do Canindé, Curral Novo do Piauí, Floresta do Piauí, Francisco Macedo, Fronteiras, Isaías Coelho, Itainópolis, Jacobina do Piauí, Jaicós, João Costa, Lagoa do Barro do Piauí, Marcolândia, Massapê do Piauí, Nova Santa Rita, Padre Marcos, Paes Landim, Patos do Piauí, Paulistana, Pedro Laurentino, Queimada Nova, Ribeira do Piauí, Santo Inácio do Piauí, São Francisco de Assis do Piauí, São João do Piauí, Simões, Simplício Mendes, Socorro do Piauí, Vera Mendes e Vila Nova do Piauí.

(Com informações da Adapi)

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES