PRF no Piauí realiza evento de abertura da Semana Nacional do Trânsito 2023

Com isso, a abertura ocorrerá no dia 18 de setembro das 8h00 às 10h00.

Avalie a matéria:
PRF no Piauí realiza evento de abertura da Semana Nacional do Trânsito 2023. | Reprodução

Com o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia a Semana Nacional do Trânsito 2023, com o tema “No trânsito, escolha a vida”. A ação é comemorada anualmente no período de 18 a 25 de setembro. Com isso, a abertura ocorrerá no dia 18 de setembro das 8h00 às 10h00, em frente à Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no Piauí.

A campanha é prevista no CTB (Código de Trânsito Brasileiro) e tem a finalidade de conscientizar a sociedade para a internalização de atitudes que contribuam ao compromisso de valorização da vida contido nos princípios do CTB, focando o desenvolvimento de valores, comportamentos e ações, no sentido de garantir o direito de ir e vir do cidadão com segurança.

No mesmo período, é comemorada a Semana Nacional da Mobilidade, que celebra o Dia Mundial sem Carro (22 de setembro). O intuito da Semana é promover a reflexão sobre a forma como nos deslocamos nas cidades e os enormes problemas que o uso excessivo dos veículos pode causar ao meio ambiente e ao bem-estar da sociedade. Considerando que é missão institucional da PRF “proteger a vida, promovendo segurança pública com cidadania nas rodovias federais e áreas de interesse da União”.

Objetivos da campanha:

• Realizar ações preventivas de segurança viária com atividades de educação para o trânsito focadas na promoção da conscientização coletiva acerca da vulnerabilidade das pessoas e da responsabilidade de todos os agentes inseridos no trânsito.

• Executar comandos educativos, coordenados, simultâneos e preferencialmente integrados, direcionando as atividades de policiamento e fiscalização para prevenção e redução de acidentes de trânsito, bem como aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais.

• Reduzir a violência no trânsito e os custos sociais dela decorrentes, por meio do desenvolvimento de ações nos trechos mais críticos de acidentalidade, priorizando as atividades integradas, conjuntas e coordenadas com as demais agências no modal rodoviário federal, estadual e municipal.

• Aumentar a presença e a disponibilidade da Polícia Rodoviária Federal - PRF e demais instituições públicas implicadas com a temática, nos períodos, locais e horários com maior concentração de registros de acidentes, nas estradas e rodovias, através de integração e atividades conjuntas.

• Buscar envolver o condutor de veículos nos cuidados e na atenção que precisa ter com os mais vulneráveis no trânsito: pedestres, ciclistas, motociclistas e priorizar ações de fiscalização e educação para o trânsito, voltadas para as ações de risco dos condutores, principalmente excesso de velocidade, ultrapassagem indevida, embriaguez ao volante, não uso do cinto de segurança, transporte incorreto de crianças, não uso do capacete e uso do telefone celular ao volante.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES