Programa 'Pacto pela Educação' terá investimento de R$ 94 milhões em 2024

O secretário da Educação, Washington Bandeira, anunciou os investimentos na Educação

Avalie a matéria:
Washington Bandeira, Isabel Fonteles e Mônica Dias | Ascom

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), vai ampliar o investimento no programa Pacto pela Educação, alcançando R$ 94 milhões em 2024. O aporte supera os valores de R$ 44 milhões investidos em 2023, para o fortalecimento da alfabetização, da aprendizagem na idade certa, transporte escolar e outras ações do regime de colaboração entre o Estado e os municípios.

O secretário da Educação, Washington Bandeira, anunciou na manhã desta terça-fera (28) os investimentos na Educação, durante encontro para elaborar um plano de trabalho voltado para melhorar a prestação de serviços educacionais à população piauiense. “Este ano teremos um aumento significativo de recursos para o regime de colaboração. Passaremos de R$ 43 milhões, que foram investidos no ano passado, para um valor total de R$ 94 milhões, incluindo o que será investido no Pacto pelas Crianças, coordenado pela primeira-dama Isabel Fonteles”, pontuou. 

Secretário Washington Bandeira  Foto: Ascom 

O plano de trabalho faz parte do Pacto pela Educação, programa que envolve um acordo entre o Estado e municípios piauienses para fortalecer o Regime de Colaboração por meio de diálogos, ações coordenadas e articuladas, voltadas para a melhoria dos indicadores educacionais, potencializando a capacidade de cada ente.

“No regime de colaboração, o Estado presta apoio aos municípios para que estes ofereçam a máxima qualidade nos serviços educacionais de ensino de primeira infância, ensino infantil e fundamental, que são as competências dos municípios. O Estado apoia com o programa de alfabetização na idade certa, com recursos na formação de professores, com avaliação, serviço de transporte escolar, cedendo equipamentos e, para isto, os municípios precisam cumprir algumas diretrizes que nós definimos nesse pacto” acrescentou Bandeira.

Os investimentos na Educação serão de R$ 94 milhões em parceria com municípios 

O evento também marcou o lançamento da iniciativa de Busca Ativa Escolar pela equipe do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef). 

Segundo a primeira-dama do Estado e coordenadora do Pacto pelas Crianças do Piauí, Isabel Fonteles, a parceria fortalece o trabalho voltado para a primeira infância, que já vem sendo feito pelo Estado.  “O Pacto pelas Crianças do Piauí, junto com a Seduc, tem várias ações voltadas para as crianças de 0 a 6 anos. Inclusive nosso kit mobília e creche no valor de R$ 200 mil, como um incentivo para a construção de novas creches pelos municípios e a capacitação de professores e gestores escolares para atender crianças de 0 a 3 anos. Essa parceria com o Unicef é muito importante porque iremos fortalecer as ações de busca ativa escolar, indo atrás de cada criança e adolescente que está fora da escola, trazendo-as de volta para a sala de aula e garantindo sua aprendizagem”, disse.

A chefe da unidade de Educação do Unicef, Mônica Dias, apresentou a plataforma que apoia os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão. “É uma iniciativa que começou há mais de seis anos e ao longo desta trajetória percebi que é preciso que tenhamos todos os colegas e de todas as outras áreas do governo em uma coalizão intersetorial para mudar a realidade educacional das crianças”, pontuou. 

Prefeitos, dirigentes municipais da Educação, Gerentes Regionais de Educação e Técnicos do Censo Escolar nas GREs e municípios participaram do encontro.

 O presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM) e prefeito de Caridade do Piauí, Toninho de Caridade, destacou a colaboração entre Estados e municípios para melhorar os índices de aprendizagem no Piauí. "A iniciativa do Governo do Estado, em parceria com os municípios, é o primeiro passo para que se busquem soluções em conjunto para atender a educação desde a primeira infância. O Pacto pela Educação irá fortalecer o aluno do ensino Infantil e Fundamental, que é de responsabilidade dos municípios, para que eles cheguem mais preparados no ensino Médio, que é responsabilidade do Estado. Então, essa é uma parceria que fortalece o alunado do estado do Piauí e, com certeza, dará um salto muito importante e os resultados virão”, ressaltou.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES