Projeto de estudante piauiense vai representar o Brasil em premiação na Suécia

O projeto do aluno do 3º ano do ensino médio disputa o prêmio, considerado o Nobel da Ciência Jovem, com outros estudantes de dezenas de países

Avalie a matéria:
Jovem teresinense cria dispositivo inédito para monitorar a qualidade da água | Foto: Raíssa Morais

O estudante piauiense Manoel Nunes vai representar o Brasil na grande final do prêmio Jovem da Água de Estocolmo, que acontece em agosto na Suécia. O jovem de 17 anos conquistou o primeiro lugar na etapa nacional da premiação ao desenvolver um rover aquático autônomo capaz de detectar contaminação na água.

O anúncio do vencedor ocorreu na noite de segunda-feira (3), durante o Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), em Brasília.

O projeto do aluno do 3º ano do ensino médio disputa o prêmio, considerado o Nobel da Ciência Jovem, com outros estudantes de dezenas de países. O rover aquático construído por Manoel também é um dos concorrentes do Prêmio Piauí de Inclusão Social, desenvolvido pelo Grupo Meio.

O jovem desenvolveu o projeto em casa (Foto: Raíssa Morais) 

Equipes de reportagem do conglomerado de comunicação acompanharam a história do jovem cientista, que sonha em ajudar a população ribeirinha afetada pela água contaminada por metais e outros poluentes.



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES