“Já matei o seu pai, agora é você”, disse homem que matou ex-namorada e pai dela

Na noite de sábado (11), Yasmin, de 25 anos, e o funcionário público Francisco Xavier Marques de Queiroz, de 60, foram mortos na casa da família, na cidade de Miracatu (SP).

Avalie a matéria:
Foto mostra montagem do acusado João Carlos de Oliveira Antunes e das vítimas Yasmin Santos de Queiroz e Francisco Xavier Marques de Queiroz | FOTO: Reprodução
FACEBOOK WHATSAPP TWITTER TELEGRAM MESSENGER

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta segunda-feira (13) o mecânico João Carlos de Oliveira Antunes, de 29 anos, acusado de matar a ex-namorada Yasmin Santos de Queiroz e o pai dela, Francisco Xavier Marques de Queiroz. Segundo as investigações, antes da morte da jovem, o homem teria pedido desculpas e indagado: "Já matei o seu pai, agora é você". Na delegacia, ele negou. O crime foi gravado por câmeras de segurança. 

O QUE OCORREU: Na noite de sábado (11), Yasmin, de 25 anos, e o funcionário público Francisco Xavier Marques de Queiroz, de 60, foram mortos na casa da família, na cidade de Miracatu (SP). A esposa e mãe da vítima testemunhou o crime. João Carlos foi preso na madrugada de segunda-feira (13).

Conforme depôs a esposa da vítima, Francisco foi o primeiro a ser baleado. Com o barulho da porta, ele foi ver o que havia acontecido, quando encontrou com o atirador. Depois, o mecânico foi ao quarto onde estava Yasmin e levou a jovem para o quintal de casa. Ele atirou três vezes contra a jovem. 

INVESTIGAÇÃO: O delegado Carlos Eduardo Eiras Alves afirmou que, em depoimento, o acusado disse não lembrar de nada o que aconteceu. "Ele foi indiciado por feminicídio, homicídio qualificado, no descumprimento da medida protetiva e vamos analisar uma agressão contra a mãe dela que ele praticou lá".

MOTIVAÇÃO: Ainda conforme o delegado, a esposa e mãe das vítimas é a principal testemunha do caso, que deve prestar depoimento em breve. "Ele não trouxe a motivação para a gente não. Falou que a medida protetiva já tinha sido quebrada, pois eles tinham reatado o relacionamento".



Participe de nossa comunidade no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link

Baixe nosso app no Iphone, clique neste link


Tópicos
SEÇÕES