Ciclone no RS: Alckmin anuncia ida ao estado e repasse de R$ 800 por afetados

Medidas foram anunciadas após reunião com ministros no Palácio do Planalto.

Avalie a matéria:
Ciclone no RS: Alckmin anuncia ida ao estado e repasse de R$ 800 por afetados | Reprodução

O presidente em exercício, Geraldo Alckmin (PSB), divulgou na sexta-feira (8) que planeja visitar o Rio Grande do Sul neste domingo (10) para avaliar a situação no estado após a ocorrência de um ciclone extratropical.

Além disso, Alckmin também anunciou a alocação de recursos para as prefeituras das cidades afetadas por esse fenômeno natural. O montante destinado será de R$ 800 por pessoa atingida, com o objetivo de permitir que os municípios possam oferecer assistência à população afetada.

Até a quinta-feira (7), já haviam sido confirmadas 41 mortes como resultado do ciclone, enquanto outras 46 pessoas ainda estavam desaparecidas até sexta-feira.

O repasse de R$ 800 por pessoa será coordenado através do Ministério do Desenvolvimento Social, e o montante total ainda não foi especificado pelo governo. A quantia será calculada com base nas informações fornecidas pelas prefeituras das áreas afetadas. O processo de credenciamento das pessoas impactadas está programado para iniciar na sexta-feira (8).

"Temos 5 mil desabrigados. É a estimativa que fazemos hoje. Então R$ 800 para cada um desses desabrigados, repassados para as prefeituras", afirmou o ministro Wellington Dias (Desenvolvimento Social).

"O critério é por pessoa atingida de cada município, mas o dinheiro vai ser transferido para o município, para ajudar os municípios a atenderem as famílias desabrigadas, poderem atender melhor a população", disse o presidente em exercício.

As medidas foram anunciadas pelo presidente em exercício após reunião com ministros nesta manhã. Alckmin está no exercício da Presidência em razão da viagem do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Índia, para participar da cúpula do G20.

Veja Também
Tópicos
SEÇÕES